Cultura

Publicado: Quarta-feira, 15 de maio de 2019

Fundação Marcos Amaro oferece oficinas culturais gratuitas em maio

Debate, oficina, piquenique literário e visita guiada!

Crédito: Monica Ogaya Fundação Marcos Amaro oferece oficinas culturais gratuitas em maio
Oficina "Faminha"

Ampliar o acesso à arte contemporânea brasileira é um dos pilares que regem a Fundação Marcos Amaro (FMA), instituição sediada na Fábrica de Arte Marcos Amaro (FAMA), em Itu. Ao encontro disto, a Fundação promove nos dias 15, 25 e 26 de maio oficinas gratuitas, ações que contemplam o programa Oficina Cultural, cujo objetivo é trazer encontros e debates sobre arte e cultura com a população local e pessoas de outras regiões.

Vamos Prosear? é o título que endossa a primeira oficina, em 15 de maio, das 19h às 21h. O encontro integra a 17ª Semana Nacional de Museus e conta com um debate entre Aline Zanatta, responsável pelas atividades educativas do Museu Republicano de Itu, e Fernanda Morais, educadora e gestora do Setor Educativo da unidade museológica da Rede Museu da Energia, com mediação de Carla Borba, coordenadora da Oficina Educativa da FAMA. A discussão vai girar em torno das Performatividades na gestão educativa de museus e pretende abrir espaço para diálogo acerca da atuação das mulheres em instituições culturais de Itu e de outros locais do interior de São Paulo.

O segundo encontro, em 25 de maio, começa às 10h, - a oficina para professores e educadores, uma experiência de mediação com a artista-educadora Carla Borba na exposição "Aproximações – Breve introdução à arte brasileira do século XX", coletiva curada por Aracy Amaral, que traz ao público uma breve introdução à arte brasileira do século XX, com obras de antes do modernismo até as décadas de 1930 e 1940. O diálogo, aqui, será conduzido por reflexões sobre a Semana de Arte de 1922 e a antropofagia. Para participar, é preciso se inscrever até o dia 22 de maio através do e-mail educativo@fmarte.org

No mesmo dia, às 14h, acontece uma ação voltada ao público infantil. Crianças a partir de 4 anos de idade e familiares podem participar da "Faminha", cuja programação é composta por atividades lúdicas, orientadas pelos educadores da FAMA. Intitulada Experiência de vestir papel, a ação foi criada com base na emblemática obra Experiência nº3 (1956) de Flávio de Carvalho, um polêmico desfile no qual o artista trazia um protótipo de roupa masculina. A oficina estimula a criação de vestes de papel colorido e jornal, e convida os pequenos a refletir sobre o que gostam de vestir.

No domingo, 26 de maio, das 9h às 12h, acontece o Piquenique Literário, atividade que faz parte do programa Ponto a Ponto, criado por Élida Marques. Com o objetivo de estimular a leitura, o encontro oferecerá rodas de conversas, mediação de leitura, sarau literomusical e troca de livros.

Sobre Carla Borba

Artista visual e educadora, doutoranda em Poéticas Visuais pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atua como coordenadora do educativo da Fábrica de Arte Marcos Amaro. Tem interesse nas relações entre performance, performatividade e processos colaborativos no campo da arte e da educação. Tem experiência no ensino de arte nos níveis superior e básico, assim como em espaços não formais com atividades voltadas para mediadores, educadores e professores. Entre 2014 e 2016 atuou como professora substituta no Departamento de Artes Visuais da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). Em 2014 e 2015, desenvolveu atividades educativas no Museu de Arte do Espírito Santo (MAES). Em 2013, coordenou o Projeto "Conversas de Campo" da 9ª Bienal do Mercosul Porto Alegre e 2011 coordenou o Espaço Educativo da CASA M na 8ª Bienal do Mercosul.

Sobre Aline Zanatta

Bacharel e licenciada em História Unicamp, mestre em História Cultural/UNICAMP, doutoranda na Faculdade de Educação Unicamp e formada em Arte do Brincante para Educadores pelo Instituto Brincante. Desde 2006, é responsável pelas atividades educativas do Museu Republicano "Convenção de Itu/USP", e integra a Rede São Paulo de Memória e Museologia Social e do grupo de Cultura Popular Caixeiras das Nascentes. Tem experiências na área de memória, história, Patrimônio Cultural, educação museal, educação não-formal e cultura popular.

Sobre Fernanda Morais

Historiadora pelo Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio, em Itu, especialista em História da Arte pela Universidade Estácio de Sá. Desde 2009, é colaboradora no Museu da Energia de Itu. Hoje, é educadora e gestora do Setor Educativo da unidade museológica que integra a Rede Museu da Energia. Atua na elaboração e desenvolvimento de projetos culturais (ProAc, Lei Rouanet e Editais) e criação de ações educativas, roteiros e mediações na unidade museológica. Foi agraciada pelo Prêmio Darcy Ribeiro em 2012 e pelo projeto Formação de Público no Museu da Energia de Itu realizado junto a equipe da unidade. Atualmente é Conselheira do Conselho Municipal de Turismo de Itu (COMTUR) e integra a gestão da Representação Regional Sorocaba junto ao Sistema Estadual de Museus (SISEM-SP).

Serviço:
Programação FAMA | Maio 2019

- Vamos Prosear? - Debate com Carla Borba, Aline Zanatta e Fernanda Morais
Data: 15 de maio, quarta-feira, das 19h às 21h
Local: Fundação Marcos Amaro - Sala Rolim Amaro
Gratuita e sem necessidade de inscrição.

- Oficina para professores e educadores com mediação na exposição Aproximações - Breve introdução à arte brasileira do século XX
Data: 25 de maio, sábado, das 10h às 12h
Local: Fábrica de Arte Marcos Amaro - Sala Rolim Amaro
Atividade gratuita
Inscrições até 22/05 pelo e-mail educativo@fmarte.org

- Faminha | Oficina de arte para crianças
Data: 25 de maio, sábado, das 14h às 15h
Local: Fundação Marcos Amaro - Sala Rolim Amaro
Atividade gratuita
Material necessário: jornais e revistas para recorte.

- Piquenique Literário
Data: 26 de maio, domingo, das 9h às 12h
Local: Fábrica de Arte Marcos Amaro
Atividade gratuita

Endereço FAMA: Rua Padre Bartolomeu Tadei, 9, Itu/SP 

Comentários