Colunistas

Publicado: Domingo, 1 de junho de 2014

Jesus, presente nos céus e na terra

ASCENSÃO  DO  SENHOR

Domingo, 1º de junho, 2014 – Ano “A”

Evangelho (Mateus, 28, 16-20)

........................................................................................................

“”   Naquele tempo, os onze discípulos foram para a Galileia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele. Ainda assim alguns duvidaram. Então Jesus aproximou-se e falou:

“Toda a autoridade me foi dada no céu e sobre a terra. Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! Eis que eu estarei convosco todos os dias até o fim do mundo”.

........................................................................................................

De rigor, há que se entender que Jesus já subira aos céus, eis que ressuscitara e aparecera vezes diversas diante dos seus amigos e seguidores, os apóstolos em especial.

Destarte, cumpriu-se o milagre de Jesus ascender aos céus, por si, à vista de todos, uma como que despedida final do ponto de vista físico e sob a forma corpórea de sua natureza humana. Mas deixou o legado, explícito e inequívoco, de manter-se estreitado aos homens, eis que afiançou neste episódio que permaneceria junto aos seus seguidores todos os dias, até o fim do mundo.

De fato.

Com Jesus se estabelece o contato tanto quanto se o deseje, vida afora, através da excelência da oração e pela comunhão eucarística em especial.

Cumpre ao homem, à humanidade inteira pois, dar continuidade à pregação do evangelho de Jesus e a todos batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Hoje, nos dias presentes, o empenho missionário fica entregue claramente não apenas aos ordenados, mas sim a todas as pessoas. Uma vez que se tenha Jesus no próprio coração, é disseminar incansavelmente, pela palavra e pela conduta, o nome de Nosso Senhor Jesus Cristo.

                                                                                                                                                                                                             João Paulo

Comentários