Sustentabilidade

Publicado: Segunda-feira, 20 de março de 2017

Pequenos jardins: traga a natureza para dentro de sua casa

Veja dicas da paisagista Mara Condolo!

Crédito: Arquivo/Mara Condolo Pequenos jardins: traga a natureza para dentro de sua casa
Pequeno jardim vertical com vasos fixados em placas de madeira

Por Jéssica Ferrari,

Com o crescimento das cidades os espaços de moradia diminuíram, o tempo ficou mais curto e a natureza parece cada vez mais longe da rotina das pessoas. Mas nem por isso a sua casa ou apartamento precisa ficar sem a beleza das plantas e das flores. Pequenos espaços podem se transformar e ganhar um charme todo especial com a criação de um jardim, trazendo os benefícios do contato com o verde para perto da sua família.

Para a paisagista Mara Condolo, além da questão estética e decorativa, os jardins ajudam na harmonia do ambiente, tornando-o mais agradável e refrescante, promovendo o bem-estar. No entanto, é preciso pensar em alguns pontos antes de se empolgar e sair comprando tudo o que vê nas lojas, ou ainda querer copiar alguma foto de revista. “Em um pequeno espaço você pode montar vários projetos, mas existe um tipo de planta para cada ambiente”, alerta a profissional.

Seja na área interna ou externa, aquele cantinho esquecido pode se modificar e ganhar vida através de uma composição de vegetações. Para isso, é válido reutilizar materiais e objetos antigos, acompanhar as ideias que estão populares, relembrar cenários mais tradicionais ou apostar em novidades na hora da criação. Desde que tudo esteja dentro de um planejamento que garanta a qualidade e durabilidade do seu projeto. “Um jardim está sempre em transformação. Ele não é estático, é um microrganismo que se desenvolve, que cresce. É preciso lembrar disso”, ressalta Mara.

Confira algumas dicas da profissional para criar seu jardim:

. Reflita sobre o clima do espaço onde você fará esse pequeno jardim (luz solar, sombra, ventilação, chuva, estufa etc), para inserir a vegetação que melhor combine com as condições propostas;

. Esteja ciente das medidas do lugar onde fará a inserção das plantas, lembrando que elas precisam ser plantadas e podem crescer, por isso já planeje o espaço necessário para todas as etapas;

. Siga o estilo/decoração de sua residência, para não prejudicar a composição estética da mesma;

. Pense no tempo que você terá para fazer a manutenção desta área após a execução do projeto, pois cada tipo de planta exige um cuidado diferente.

Se você não tiver muito espaço para plantar, aposte numa sequência de vasos ou ainda em um jardim vertical, aproveitando as paredes. E se o problema for o trabalho para cuidar, Mara ressalta que há muitos tipos de plantas que perduram por um longo tempo, sem requerer muitos cuidados como o bambu da sorte e o junco. Outros materiais também ajudam a construir a sensação de natureza como o uso de pedras, seixo de rio e casca de madeira. É possível ainda brincar com os sentidos, fazendo um pequeno jardim com temperos ou plantas aromáticas. "A pessoa tem que focar no que ela gosta e no que vai ficar bom para o que ela está procurando para a casa dela", explica a paisagista.

Gostou das ideias? Então deixe a natureza entrar na sua casa! A Mara Condolo atua na área de paisagismo desde 2001, atendendo residências em pequenos ou grandes projetos. Mais informações pelo telefone (11) 99307-3873 ou email contato@maracondolo.com.br

Comentários