Bem estar

Publicado: Segunda-feira, 21 de setembro de 2015

21 de Setembro: Dia Internacional da Paz

O que você pode fazer pela paz?

Crédito: Banco de imagens 21 de Setembro: Dia Internacional da Paz
No dia Mundial da Paz, reflita sobre as ações que cada pessoa pode fazer dentro de seu pequeno mundo

21 de Setembro é proclamado pela ONU como sendo um dia de cessar-fogo e de não violência em todo o mundo. A finalidade não é apenas que as pessoas pensem na paz, mas sim que façam também algo a favor da paz. Neste dia, comemora-se também, no Brasil, o Dia da Árvore. Paz e árvore são duas palavras que remetem a muita reflexão, e que combinam perfeitamente juntas.

Os povos de todo o mundo são chamados para refletir e agir no Dia Internacional da Paz, num mundo cada vez mais caótico e instável, marcado por profundas injustiças sociais e sob o signo da guerra. Nações, povos de diferentes origens e culturas, religiões e filosofias de vida diversas se irmanam na busca pela paz, quando se entende que nenhum caminho é superior a outro. Roda de tambores, Danças Circulares, meditações, ações ambientais e eventos dos mais variados são celebrados no mês de setembro para clamar pela paz do mundo.  

Paz é geralmente definida como um estado de calma ou tranquilidade, uma ausência de perturbações ou agitação. Derivada do latim Pax= Absentia Belli, pode referir-se à ausência de violência ou guerra. Neste sentido, a paz entre nações, e dentro delas, é o objetivo assumido por muitas organizações.

No plano pessoal, paz designa um estado de espírito isento de ira, desconfiança e de um modo geral todos os sentimentos negativos. Assim, ela é desejada por cada pessoa para si próprio e, eventualmente, para os outros, a ponto de se ter tornado uma frequente saudação (que a paz esteja contigo) e um objetivo de vida. A paz é mundialmente representada pelo pombo.

A equipe do Itu.com.br levantou algumas frases sobre a paz para ajudar nossos leitores a refletir sobre este tema. No entanto, falar, ler e discutir é apenas o inicio do caminho.

Universidade da Paz

"Eternos aprendizes que somos, experimentamos a ecologia profunda que abrange o indivíduo, a sociedade, o planeta e o universo."

Nem todos sabem que o Brasil abriga uma Universidade da Paz. Criada por um movimento mundial de pessoas e instituições afins, a Unipaz trouxe a idéia de semear uma cultura de paz entre os vários segmentos sociais, além de tornar ampla a consciência e promover a integridade do ser, divulgando dessa maneira, o movimento holístico.

O grande idealizador e mentor desse ousado projeto é Pierre Weil, nascido em Strassburgo, educador, psicólogo e escritor, que dedicou toda sua vida a promover, divulgar e aprofundar reflexões e vivências relacionadas à paz e não violência e que encontrou no Brasil "o abraço brasileiro responsável pela escolha de viver aqui".

A essência do trabalho da Unipaz é trazer o global para o local, ou seja, ensinar a pensar globalmente e agir localmente. Assim, ela promove e desenvolve várias atividades de cunho nacional e internacional para a ampliação de conhecimentos e troca de experiências, construindo deste modo, uma nova visão de mundo.

Promova a Paz

A verdadeira paz só será alcançada quando cada um conseguir gerar paz dentro de si e para todas as suas relações. Atitude é fundamental. No Dia Internacional da Paz, assim como em todos os outros dias da sua vida, você pode fazer pouco. Mas o pouco de cada um torna-se muito para a humanidade. As manifestações de eventos de paz podem ganhar muitas formas de expressão através da arte, educação, cultura, música, performances, petições, esportes, e muito mais. Você pode se engajar e fazer a diferença! Comece já!

leia também:

>> A cultura da não-violência, por Valdomiro Carezia

Veja as fotos desta notícia no Flickr
Comentários