ponto-turístico-casaimperial

Rio Jundiaí em Salto passa a ter nova classificação

Publicado: Quinta-feira, 29 de dezembro de 2016 por Deborah Dubner


Mudança pode possibilitar o uso da água para consumo.

AI/Prefeitura de Salto
Foto
A decisão dos Comitês ainda precisa passar pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos para ser oficializada.

A Estância Turística de Salto participou do encontro que definiu o reenquadramento do trecho local do Rio Jundiaí. A reunião plenária dos Comitês PCJ (Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), onde a mudança foi aprovada, aconteceu no dia 16 de dezembro, durante encontro realizado na cidade de Jaguariúna.

Representada pelo secretário de Meio Ambiente, João De Conti Neto, pelo superintendente do SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) de Salto, Paulo Takeyama, e pelo Engenheiro Ambiental da Secretaria, Rodrigo Henrique Antunes, a Prefeitura obteve a confirmação de que os últimos dois trechos do Jundiaí que passam pela nossa região, e que estavam classificados como classe 4 (impróprio para o consumo), foram reclassificados para classe 3.

Com essa mudança, as águas do Jundiaí podem, após passar pelo tratamento convencional, ser usadas para o abastecimento doméstico e à irrigação na agricultura.

O trecho mais próximo de Salto começa na foz do córrego do Barnabé, na cidade de Indaiatuba, e segue até a junção com o Rio Tietê, já no município. O segundo trecho fica nos municípios de Várzea Paulista, Jundiaí e Itupeva e segue até o Ribeirão São José.

A decisão dos Comitês ainda precisa passar pelo Conselho Estadual de Recursos Hídricos para ser oficializada.

Para o secretário municipal de Meio Ambiente de Salto, João De Conti Neto, essa mudança é muito importante, pois garante que a cidade tenha mais uma fonte de captação de água para, após passar por todo o processo de tratamento, ser utilizada para o abastecimento da população.

Tags: salto, água, rios

  • Comentários