Esportes

Publicado: Quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Embalado, Ituano tem dérbi nesta quarta contra o São Bento

Embalado, Ituano tem dérbi nesta quarta contra o São Bento
Capitão Naylhor

Depois de vencer o Palmeiras no último domingo, o Ituano tem outro adversário difícil pelo Campeonato Paulista nesta quarta-feira, 15 de fevereiro. Jogando novamente em casa, no Estádio Novelli Júnior, enfrenta o São Bento às 17 horas.

Na história do dérbi regional são apenas 16 confrontos entre as duas equipes. Mesmo com vantagem do Galo (10 vitórias, 4 empates e 2 derrotas), o capitão Naylhor que disputou 4 vezes este clássico sabe da responsabilidade. “Vamos ter que ter atenção. Independentemente da situação do São Bento, a gente tem que entrar focado. Temos que entrar com os pés no chão. Sabendo que vamos ter que pressionar marcar e ter que se doar ao máximo para conseguir os três pontos. Sabemos da dificuldade. O time do São Bento é uma equipe muito boa e que já vem há bastante tempo com a maioria dos jogadores jogando juntos. Vem com um treinador que é excelente. E que sabe montar uma equipe muito bem. É se dedicar ao máximo para que a gente possa sair com os três pontos”, disse o jogador que já marcou dois gols contra o São Bento.

O atacante Morato, que fez assistência contra o Palmeiras, vai enfrentar pela primeira vez o time de Sorocaba. “Temos que ter o dobro da atenção que tivemos no domingo. Nós temos que focar bastante porque é um jogo muito perigoso”, afirmou. Outro que poderá fazer sua estreia neste clássico é o atacante Lucas Crispin, recém-chegado da Vila Belmiro. “Já cheguei com o pé quente. Apesar de não ter entrado, passei bastante força para os meus companheiros do banco de reserva. Agora um jogo muito difícil em questão da concentração, porque fizemos um excelente jogo contra o Palmeiras. Tenho certeza que a equipe toda vai manter o foco e estar concentrada, porque o time do São Bento também é muito difícil. Mas espero sair daqui com a vitória”, afirmou o jovem de 22 anos que foi emprestado até o final do Paulista.

Contra o Palmeiras, o técnico Tarcísio Pugliese promoveu as estreias de Romarinho e Nena. Independentemente de quem vai jogar, Naylhor lembra a filosofia do Ituano. “O principal são os pés no chão. A gente tem que ter calma. A competição, por mais que ela já vai para a 3ª rodada, temos que ter calma. Estreamos bem fora de casa contra o Santo André e podíamos até ter saído com os três pontos. Jogamos em casa e ganhamos do Palmeiras. É não deixar subir para a cabeça. Nossa equipe vem fazendo bons jogos. Sabemos das dificuldades que é jogar contra o São Bento. Sabemos que vai ser um jogo muito difícil por se tratar de um clássico. Por se tratar de serem cidades vizinhas. E por se tratar que vai estar cheio, pois vão vir a torcida do Ituano e a torcida do São Bento. E mostrar um bom futebol. E se Deus quiser, a nossa equipe vai sair vencedora”, disse o capitão.

Comentários