Esportes

Publicado: Terça-feira, 28 de maio de 2019

Em Pernambuco, Ituano Basquete é derrotado pelo Uninassau

Equipe caiu uma posição na classificação.

Crédito: Robson Neves Em Pernambuco, Ituano Basquete é derrotado pelo Uninassau
Placar da partida terminou 77 a 66

Jogando em Recife, no dia 24 de maio, o Ituano Basquete não conseguiu superar o Uninassau/Cabo de Santo Agostinho e acabou derrotado pelo placar de 77 a 66. Com o resultado, o rubro-negro cai uma posição na tabela e agora é o sétimo colocado da Liga de Basquete Feminino (LBF) Caixa 2019, ultrapassado justamente pela equipe pernambucana.

O jogo começou muito disputado, com as equipes se revezando no ataque e nas cestas no primeiro quarto, mas as donas da casa conseguiram abrir uma pequena vantagem (24 a 18). No segundo período, o Galo passou a sofrer com os erros e viu o Uninassau expandir o placar (parcial de 44 a 31).

Na volta do intervalo, o rubro-negro voltou melhor, corrigiu os erros na defesa, venceu o terceiro quarto por 17 a 12 (parcial de 56 a 48) e chegou a diminuir para um, na metade do último quarto, a diferença que havia chegado a 13 pontos. Nos minutos finais, no entanto, voltou a errar, o suficiente para o time da casa resgatar uma vantagem confortável.

“Foi uma partida diferente das outras que nós perdemos, o time lutou, foi guerreiro, infelizmente eles [o Uninassau] fizeram um primeiro tempo que eu considero perfeito, com muitos acertos de 3 pontos. No segundo tempo nós viemos melhor, marcamos melhor, fizemos algumas correções defensivas, mas na hora de virar o jogo - ou pelo menos manter a diferença que nos favorecia no confronto direto por termos ganhado em casa de dez pontos - tivemos três ou quatro tomadas de decisões equivocadas no fim e acabamos perdendo o jogo”, avaliou o técnico do Ituano Antônio Carlos Barbosa.

No final do primeiro quarto, o Ituano perdeu ainda a pivô Gabriela, que sofreu um entorse no tornozelo e não conseguiu voltar a ajudar a equipe em quadra. A atleta foi avaliada inicialmente pelo fisioterapeuta da equipe, Joberson Moraes, e fez tratamento com gelo ainda no ginásio. Na volta para Itu, deve passar por radiografia para saber a gravidade da lesão.

“É um momento complicado que estamos passando e parece que estamos sendo perseguidos por uma má sorte, porque estamos lutando com esse problema de lesão - hoje a Palmira voltou bem, está voltando a forma dela, fez um bom jogo, e aí perdemos a Gabi com dez minutos de jogo”, lamentou o treinador do Galo. O Ituano tem ainda a lateral Patrícia se recuperando de lesão no tendão de aquiles.

A MVP e cestinha da partida foi Ramona, do Uninassau, com 26 pontos e 27 de eficiência. Pelo Ituano, destaque para a pivô Mônica Nascimento, que fez um duplo-duplo com 10 pontos e 10 rebotes, além de ter a maior eficiência da equipe: 19.

Na próxima semana, o Ituano recebe o Pró-Esporte/Sorocaba no Ginásio Prudente de Moraes (Praça Washington Luiz, s/n, Vila Nova), em Itu, no dia 31 de maio, às 19h30. A partida terá transmissão ao vivo pela LBF Live.

Comentários

Ariza Centro Veterinrio