ponto-turístico-igrejacarmo

Casal de deficientes mostra superação em ensaio fotográfico

Publicado: Sexta-feira, 19 de setembro de 2014 por Jéssica Ferrari


Registro do fotógrafo Samuel Bruni é marcado pela alegria.

Samuel Bruni
Foto
Bruno e Flávia conversam em libras

Por Jéssica Ferrari

Eles se comunicam com os olhos, com sinais e principalmente através do amor. Fortes, superam diversas barreiras com o auxílio um do outro. Ela não anda, ele não ouve. E juntos provam que a maior deficiência de um ser humano é não amar.

O namoro do jovem casal Flávia V. Lima e Bruno Hernandes foi registrado pelas lentes do fotógrafo Samuel Bruni, num ensaio fotográfico realizado nas ruas de Sorocaba, no dia 30 de agosto. O objetivo foi divulgar a história de superação do casal, através de fotografias que revelam a naturalidade com que eles encaram as deficiências que possuem.

Foram mais de 250 fotos tiradas em meio às paisagens diurnas e noturnas da cidade, em diversas poses, celebrando o primeiro aniversário de namoro dos jovens. “Os dois se completam, e eu tentei transmitir isso nas fotos. As dificuldades não são suficientes para acabar com a alegria e o poder que eles têm de fazer qualquer coisa.”, conta Bruni.

O ensaio é um projeto pessoal do fotógrafo ituano, que percebeu na história de Flávia, que é cadeirante, e de Bruno, que é surdo, uma maneira de promover a reflexão sobre as deficiências, demonstrando as dificuldades deles. Mas que se surpreendeu ao descobrir que estes obstáculos são, para os dois, apenas uma pequena vírgula no caminho.

“Nós não vemos nada de diferente nas nossas dificuldades com as dificuldades alheias. Pelo contrário, nós sempre agradecemos a Deus por nossa vida fácil. Acreditamos que nossas maiores barreiras são nossos defeitos pessoais, que não têm absolutamente nenhuma ligação com limitação física. São apenas defeitos, desses que todo mundo têm, e que criam problemas na vida”, relata Flávia. Confira o depoimento completo!

Com as fotografias, o casal que mora em Votorantim, busca compartilhar com a sociedade um pensamento otimista que nasceu numa relação que tinha tudo para ser complicada, mas que se supera a cada dia. “Eu ficava pensando em como agir antes do ensaio”, confessa o fotógrafo. No entanto, no momento das fotos o trabalho fluiu naturalmente. “A cadeira não é um empecilho para ela, por isso não aparece em muitas fotos”, explica. Segundo ele, fotografar estes jovens foi como fotografar qualquer casal feliz.

Flávia e Bruno se conheceram na faculdade. Apaixonada, ela buscou aprender libras para conseguir se comunicar e ajudá-lo nas matérias. A dedicação se transformou em namoro, e hoje os dois lutam juntos por direitos iguais aos portadores de deficiência. O contraste no modo de ver a vida marca a história destes jovens, e pode ser comprovado a cada sorriso que eles abrem.

Veja algumas das fotos do ensaio clicando aqui!

Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência

O Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência é celebrado em 21 de setembro. A data, oficializada em 2005 por meio da Lei 11.133, busca principalmente a reflexão sobre a importância da inclusão social.

Tags: cultura, deficientes, fotos, fotografias, reflexão, ensaio fotográfico, pessoas com deficiência

  • Comentários