Colunistas

Publicado: Quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Cadê o nosso Presépio?

Cadê nosso Presépio?

            Talvez o amigo leitor conserve entre as lembranças fortes de sua vida, a imagem do presépio montado na sala da casa de sua infância. Imagens de barro, de gesso, papéis pintados sugerindo pedras, patinhos em lagos de espelho e principalmente o Menino Jesus, Maria e José.

            As crianças, extasiadas, de queixo apoiado à borda da mesa, ficavam a olhar, com olhar encantado diante do presépio. Não havia ideias claras, era apenas uma intuição de que Jesus era de fato amigo da casa.

            As crianças não podiam mexer no presépio. Mas as imagens dos Reis Magos eram exceção. Como estava indo visitar o Menino Jesus em Belém, de dia em dia, devia avançar um tanto, indo a busca da estrela do Presépio.

            Cada um de nós, pequenos queria o direito de pegar neles e mudá-los dos quotidianos centímetros. Funcionavam, percebe-se, como um brinquedo mágico.

            Perguntamos: No seu lar brilha a estrela do Presépio ou apenas brilham as estrelas das lampadinhas chinesas?

            Hoje, os presépios foram substituídos pela árvore de Natal. Em quase todas as casas só vemos o pinheirinho colorido e cheio de lâmpadas de várias cores e tamanhos.

            Cadê o nosso Presépio?

            Vamos montar o nosso presépio num lugar nobre e chamar as crianças, os adolescentes, os jovens e recuperar toda nossa magia do Natal. Se for preciso, vamos dar um novo enfoque ao presépio, reformar a expectativa de modo que eles possam ver um Menino Jesus feito criança, diante do qual não precisa cerimônia porque Ele já é de casa.

            Quem sabe neste Natal poderia ser ponto de perdão, de conversão, encurtando distâncias, mudando conceitos, apagando de nossas imagens os traços duros de severidade.

            Bom Natal para você! Um Natal diferente com um presépio simbolizando o amor, a harmonia e a união entre todos.

            Boas Festas!

Di

Comentários

Varanda da Saudade

Ditinha Schanoski

Ditinha Schanoski

Jornalista ituana, trabalhou no jornal A Federação e é articulista de vários jornais e revistas. Membro da ACADIL, SACI, UARD, Gvcmi e outros grupos. Agraciada com diversos prêmios, como a Medalha Dom Gabriel. Nomeada Profissional Ético de 2014.

Arquivo