Colunistas

Publicado: Sábado, 17 de fevereiro de 2018

Além do jejum e abstinência

REFLEXÃO DOMINICAL – 18.2.2018

1º. Domingo da Quaresma – Ano B de Marcos

Evangelho (Mc. 1, 12-15)

...............

“”    Naquele tempo, o Espírito levou Jesus para o deserto.

Ele ficou no deserto quarenta dias e aí foi tentado por satanás.

Vivia ente os animais selvagens, e os anjos o serviam.

Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galileia, pregando o evangelho de Deus e dizendo:

“O tempo já se completou e o reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no evangelho!”

...............

Numa referência sucinta, o evangelho deste primeiro domingo da Quaresma, se reporta aos quarenta dias de recolhimento de Jesus, a sós.

Abrem na verdade o período da Quaresma, aqueles quarenta dias em que todos são convidados ao recolhimento e a possíveis modos de penitência. Na verdade, uma chance de revisão na vida, um olhar retrospectivo de como as pessoas têm se comportado.

A propósito, circulou por estes dias um comentário breve de Sua Santidade o Papa Francisco, em que se apregoa hábitos simples de as pessoas se recomporem em relação aos semelhantes, algo mais objetivo e que refoge em parte ao mero jejum e abstinência. Não desprezíveis esses sacrifícios e abstenção, - que isso fique claro – mas que também não sejam eles observados mecanicamente, no contraponto de uma vida falha em que não se observe uma conduta espiritual adequada e solidária.

                                                                

                                                                                                                                                                                                                                             João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo