Bem estar

Publicado: Sábado, 9 de junho de 2018

Palestra gratuita em Itu aborda biografia da artista Hilma Af Klint

Encontro "As cores da alma" ocorre dia 26 de junho.

Palestra gratuita em Itu aborda biografia da artista Hilma Af Klint
Artista plástica Luciana Pinheiro Ventre vai palestrar sobre a biografia da artista Hilma Af Klint

O Grupo de Estudos da Antroposofia Sol Itu promoverá, no dia 26 de junho (terça-feira), mais uma palestra gratuita no Sincomércio. A palestrante será a artista plástica Luciana Pinheiro Ventre, que abordará a biografia da artista Hilma Af Klint. O tema da palestra será “As cores da alma ”. O encontro terá início às 19h30.

Luciana Pinheiro é artista plástica, terapeuta biográfica e arte educadora. Como terapeuta biográfica e pesquisadora, aprofundou-se na biografia do escritor alemão Goethe e na sua “Teoria das Cores”. Estuda e trabalha com pintura meditativa e como terapeuta em processos de desenvolvimento pessoal e profissional através da metodologia biográfica aliada à arte, há mais de 25 anos.

É docente em formação nas áreas da Pedagogia, Saúde e Educação. Após dez anos de pesquisa, publicou o livro sobre a vida e a obra de Hilma af Klint, intitulado “As cores da alma - a vida de Hilma Af Klint”.

E é exatamente Hilma Af Klint que Luciana abordará em sua palestra. “A vida de Hilma Af Klint não deveria estar restrita ao produto de sua obra. Sua biografia e o desenvolvimento de seu processo criativo envolvem temas de ordem da ciência espiritual, da alquimia e geometria, e o contexto histórico em que se desenvolveu, que foi a virada do século XIX para o XX, atravessando duas Guerras Mundiais”, ressalta Luciana, que especializou-se em Hilma Af Klint.

O livro “As cores da alma - a vida de Hilma Af Klint” é a primeira biografia da artista escrita no Brasil. Segundo Luciana Pinheiro, “a obra procura mostrar a personalidade de Hilma como síntese de suas experiências e existência, sem reduzir a incontestável força de sua arte a apenas uma de suas esferas”.

“Assim, o leitor poderá tomar conhecimento da infância de Hilma, da sua aproximação com movimentos espiritualistas na virada do século, da sua formação como pintora na Academia Real de Belas Artes, da independência financeira sustentada como pintora de paisagens e retratos, da formação de seu grupo de estudos espiritualistas De Fem, do encontro com Rudolf Steiner, entre outras passagens de sua vida”, conclui Luciana.

Comentários