Colunistas

Publicado: Sábado, 30 de março de 2013

Via Sacra - Parte 14

Crédito: Internet Via Sacra - Parte 14
Muitos pensaram (e ainda pensam) que Jesus acabou no sepulcro.

Instruções: a) Faça uma pausa durante o seu dia; b) Aquiete a sua mente e o seu coração; c) Sem preconceitos, medite as reflexões propostas

TEMA: Jesus é sepultado

UM OLHAR SOBRE JESUS – Poucas pessoas estiveram no funeral de Jesus. As pessoas que haviam conhecido o Jovem de Nazaré queriam guardar a lembrança daquele moço alegre, que partilhava sentimentos e tinha uma palavra de esperança para todas as situações. Não queriam ver o Nazareno tão machucado e morto. Naquele túmulo, tinha chegado ao fim a história de Jesus. Era o que todos pensavam...

UM OLHAR SOBRE O MUNDO – O mundo de hoje também sepulta Jesus todos os dias. Faz de tudo para impedir as pessoas de conhecerem seus gestos e palavras. A filosofia do mundo não aceita a imagem de um Jesus que sofre junto com seu povo. Sofrer pra quê? Mas o mundo também não aceita a imagem do Jesus vencedor. Para o mundo, Jesus deve ficar enterrado. Deve permanecer eternamente escondido na escuridão de um túmulo. É o que todos pensam...

UM OLHAR SOBRE NÓS – Como é a presença de Jesus em nossa vida? Será que também o mantemos sepultado e longe do nosso cotidiano? Recordamos suas palavras e gestos? Vivemos sinceramente do modo que ele nos propõe? Que imagem temos de Jesus? O de Jesus morto ou o de Jesus vivo? Será que não deixamos Jesus dentro daquele túmulo sempre que nos é conveniente?

Amém.

 

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

- Acompanhe o Programa Amém (3ª feiras, às 20h) em www.novaitufm.com.br

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é sacerdote católico apostólico romano e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo

14 dias atrás

CATÓLICO MEIA-BOCA

28 dias atrás

Chame o Padre!

27 de junho de 2019

Tudo, Menos Católico...