Colunistas

Publicado: Terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Valeu, "são" Marcos!

Crédito: Internet Valeu, "são" Marcos!
Obrigado, São Marcos!

Hoje o Brasil se despede oficialmente de um grande goleiro: Marcos Roberto Silveira Reis, mais conhecido como "são" Marcos. É claro que não se trata de um santo. O apelido pegou por causa das inúmeras defesas "milagrosas" feitas ao longo da carreira.

Trata-se de um ídolo, daqueles que surgem aos poucos com o passar dos anos. Uma vez no Palmeiras, Marcos jamais deixou seu amor pelo clube em segundo plano. Recusou até mesmo ofertas milionárias para trocar de time. Como todo ídolo, foi sempre polêmico. Sabia chamar a responsabilidade aos colegas de time, dar broncas na torcida, contrariar opinião de técnico e principalmente fazer sua autocrítica.

Por essas e outras, os amantes do futebol aprenderam a admirar o goleiro Marcos. Exemplo de competência e dedicação nos gramados, cujos frutos foram os vários títulos conquistados durante a carreira. Os dois maiores, sem dúvida, foram a Taça Libertadores da América com o time alviverde e a Copa do Mundo de 2002.

Com quase 40 anos de idade, metade deles em atividade, é mesmo hora de pendurar as luvas. Porém, Marcos continuará fazendo parte do cotidiano do Palmeiras, ele que já atua há alguns meses nos bastidores. Se continuar dedicando seu amor e tempo ao Verdão, pode até vir a se tornar no futuro um ótimo dirigente, quem sabe presidente do seu time tão amado.

Na noite de hoje, em um Pacaembu lotado, o futebol verá oficialmente o jogo de despedida de Marcos. Estará rodeado de colegas e amigos, será ovacionado pela torcida e paparicado pela imprensa. Torcedores palmeirenses, são paulinos, corinthianos, santistas e outros, irão curtir esse momento. Certamente ele já conquistou seu lugar no panteão de ídolos do futebol brasileiro.

Momentos como esse são dos mais belos que possa haver no cenário esportivo. É a hora em que o reconhecimento deixa a rivalidade para trás. Craque é craque, ídolo é ídolo. E com craques e ídolos, às vezes a camisa fica em segundo plano.

Valeu, São Marcos! Obrigado por tudo o que você dedicou ao Palmeiras e ao futebol brasileiro!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo