Colunistas

Publicado: Sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Vá procurar seu rumo

Vá procurar seu rumo
Não caia no poço das lamentações. Vá ser feliz!

O mundo é cruel e as pessoas andam insatisfeitas. Com apenas 16 anos, grande parte dos adolescentes precisa escolher o que será profissionalmente durante a vida inteira. A pressão da sociedade é grande. Aos 25 anos os jovens precisam de um bom emprego, um automóvel e até mesmo uma casa ou apartamento próprios.

Acontece que, na vida, há possibilidades e oportunidades diferentes para cada um de nós. Nas escolhas que fazemos, vamos delineando nossos caminhos. Nem sempre as coisas acontecem como desejamos. Um objetivo aparentemente fácil revela-se uma pedreira. E algo impossível pode ser alcançado.

Conheço muita gente insatisfeita com os rumos que acabaram tomando profissionalmente. Caem em um poço de lamentações que mina o sistema por dentro, contaminando outras pessoas. Viciam-se em lamúrias destrutivas e não tomam a iniciativa de verificar o que anda errado para, assim, melhorar o ambiente e as condições de trabalho.

Há médicos insatisfeitos. Há bancários insatisfeitos. Há comerciantes insatisfeitos. Há jornalistas, professores, advogados, faxineiras, frentistas, recepcionistas, dentistas, enfermeiras, motoristas, policiais, padres, economistas, esteticistas, eletricistas, engenheiros e até donos de emissoras de televisão insatisfeitos.

Se é o seu caso estar insatisfeito com a profissão que escolheu exercer, seja lá pelo motivo que for, faça um favor a si mesmo e para a sociedade: vá procurar seu rumo! Invista em si mesmo, procure outra área de atuação na qual possa ser mais feliz. Mas não caia no comodismo covarde de quem apenas se lamenta, contamina os outros com desânimo e não busca soluções para a própria vida.

O mundo é cruel, mas também produz infinitas possibilidades. Escolha uma dessas e siga em frente. Vale mais gastar tempo e energia em busca da satisfação pessoal do que em reclamações vãs.

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo