Colunistas

Publicado: Domingo, 17 de dezembro de 2006

UMA REPORTAGEM DE NATAL

UMA REPORTAGEM DE NATAL
Israel, Belém, 25 de dezembro
 
CRIANÇA NASCE ENVOLVIDA EM MISTÉRIO
 
Nossa reportagem acompanhou série de acontecimentos em torno de um menino
 
Os populares da região começaram a perceber algo estranho em relação ao movimento no pequeno vilarejo de Belém. Eram inúmeros os viajantes que de deslocavam de vários pontos de Israel a fim de cumprir o censo determinado pelo imperador. Entre tanta movimentação, testemunhas afirmam que muitos ficaram sem lugar nos hotéis e pousadas da cidade, todos com lotação máxima naqueles dias.
 
Foi o que aconteceu ao casal José e Maria, ambos da cidade de Nazaré, na Galiléia. Ele é carpinteiro e diz fazer parte da descendência de Davi. Sua esposa, de voz serena e acolhedora, afirma que apenas ajuda o marido cuidando da rotina da casa que ambos possuem, ao lado da marcenaria do marido. Emocionados, contam que passaram muitas horas da noite em busca de um lugar para dormir. Precisava ser algo aconchegante, devido a um pequeno detalhe: Maria estava grávida e faltavam poucos dias para o parto.
 
Por fim, conseguiram um lugar numa estrebaria que foi montada numa gruta. A companhia de animais não era o ideal, mas por outro lado as vacas, os cabritos e burricos aqueciam o ambiente. José e Maria estavam preparando-se para dormir quando as contrações começaram. Sentindo as dores iniciais do parto, Maria procurou tranqüilizar o marido. Sem dificuldades a pequena criança veio ao mundo. Era um menino. Colocaram nele o nome de Jesus.
 
Desde então uma série de acontecimentos causou estranheza à população de Belém. Na mesma noite do nascimento de Jesus, podia ser vista no céu uma estrela enorme. Vista a olho nu, era possível de ser observada a quilômetros de distância. Seu brilho era tão intenso que alguns pensaram ser um cometa. O curioso é que cometas não ficam parados no céu.
 
Junto a isso, um grupo de pastores afirmou ter visto um ser brilhante, com aparência de homem, dizendo que havia nascido o Salvador da humanidade. Muitos atribuíram a visão à bebida consumida enquanto guardavam os rebanhos. Mas os pastores afirmam com todas as forças que também viram um grupo de seres celestiais no céu, que se iluminou enquanto eles cantavam “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens de boa vontade!”.
 
Outro fato que causou rebuliço em Belém ocorreu dias depois do nascimento da criança. Como se guiados por um enorme senso de orientação, uma grande caravana chegou à cidade, vinda do Oriente. Testemunhas contam que a caravana era comandada por três reis de aparência muito nobre. Alguns comerciantes que puderam negociar suprimentos afirmaram perceber também uma grande sabedoria em suas palavras. Os reis perguntaram sobre um menino recém-nascido e logo chegaram à gruta onde estavam José, Maria e Jesus. Ficaram por ali algumas horas, conversando com os pais da criança. Deixaram alguns presentes e em seguida partiram por um caminho diferente daquele pelo qual vieram.
 
Quando moradores de Belém resolveram fazer contato com José e Maria, perceberam que já haviam ido embora, alguns dias depois da passagem da grande caravana pelo vilarejo. O casal deve ter partido ainda de madrugada, para um lugar desconhecido. Entretanto, uma coisa ficará gravada na memória de todos os que presenciaram esses acontecimentos: o nome desse Menino, Jesus. Com tantos fatos extraordinários e misteriosos envolvendo seu nascimento, certamente os moradores de Belém (e quem sabe de Israel inteira) voltarão a ouvir falar nele.
 
Amém.
Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo