Colunistas

Publicado: Segunda-feira, 25 de março de 2019

Trocar a indumentária

REFLEXÃO DOMINICAL – 24.3.2019

3o. da Quaresma – Liturgia do Ano C

Evangelho (Lucas, 13,1-9)

................................................................

 

“”   Naquele tempo, vieram algumas pessoas trazendo notícias a Jesus a respeito dos galileus que Pilatos tinha matado, misturando o seu sangue com o os sacrifícios que ofereciam.

Jesus lhes respondeu:

“” Vós pensais que esses galileus eram mais pecadores do que todos os outros galileus por terem sofrido tal coisa? Eu vos digo que não.

Mas, se vós não vos converterdes, ireis morrer todos do mesmo modo. E aqueles dezoito quando a torre de Siloé caiu sobre eles? Pensais que eram mais culpados do que todos os outros moradores de Jerusalém? Eu vos digo que não.

Mas, se não vos converterdes, ireis todos morrer do mesmo modo”.

E Jesus contou esta parábola:

“Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha. Foi até ela e não encontrou.

Então disse ao vinhateiro:

‘Já faz três anos que venho procurando figos nesta figueira e nada encontro. Corta-a! Porque ela está inutilizando a terra?`

Ele, porém, respondeu:

`Deixa a figueira ainda este ano. Vou cavar em volta dela e colocar adubo. Pode ser que venha a dar fruto. Se não der, então tu a cortarás”.   “”

 

......................................................................

 

O tema para este evangelho brota como que espontâneo. Não fala senão da misericórdia de Deus, sabidamente, estendida ao infinito.

Do lado de cá do cenário, de certo modo como nós mesmos, admiramos da sorte inglória, se não de malfeitores assumidos, ao menos frequentemente de incautos e desavisados, como se somente eles pudessem ser vítimas.

É que, em molde de auto defesa, passa-nos de longe a ideia de que talvez estivéssemos na mesma barca. Em nada ou em muito pouco diferenciados das vítimas de Pilatos.  Apenas e por enquanto, aqui, do lado de fora.

Tempo então, mercê de Deus, aptos para  reformar ou trocar de vez a indumentária espiritual de cada um.

Vestes novas e alvas.

                                                                                                                                                                João Paulo

 

 

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

22 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio