Colunistas

Publicado: Quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Traga os amigos

Traga os amigos

V Domingo do Tempo Comum

Fevereiro, 5.  20212, Ano “B”

Evangelho (Marcos, 1, 29-39)

...........................................................................................................................

“Naquele tempo, Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André. A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. E Ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu, e ela começou a servi-los. À tarde, depois do por do sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. A cidade inteira se reuniu em frente da casa. Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. E não deixava que os demônios falassem, pois sabiam quem Ele era. De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto. Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus. Quando o encontraram, disseram:

'Todos estão te procurando'.

Jesus respondeu:

'Vamos a outros lugares, às aldeias das redondezas! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim'.

E andava por toda Galileia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.”

...........................................................................................................................

Nesta primeira semana de fevereiro – e note-se como o tempo avança vertiginoso – tem-se na prática a mera continuação do capítulo 1 de São Marcos. Ali o enfoque recaiu sobre os versículos de 21 a 28 e, aqui, fica-se com os de 29 a 39.

Para se reportar ainda mais na apreciação conjunta das mensagens do Tempo Comum, sabe-se que desde os dois últimos domingos de janeiro até agora, há um ensinamento, decidido e proposital, do que deva ser um trabalho de verdadeira evangelização.

Jesus à frente, Ele por primeiro – e logo após ter sido apresentado pelo primo João – põe-se a campo para evangelizar.

Esta pois a missão primeira do cristão, em todas as épocas: evangelizar, evangelizar, evangelizar.

Assuma Jesus e se o fizer de coração, está você e estão todos autorizados a convidar quantos lhes estejam à frente ou ao seu alcance, para que venham e também entronizem Jesus na mente, no seu íntimo e na sua vida.

E saia também, pressuroso e feliz, a falar sobre Jesus.

Traga os amigos para Ele.

E também os que não lhe sejam, a todos enfim.

João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

18 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio