Colunistas

Publicado: Sábado, 10 de dezembro de 2016

Supremo bem

Supremo bem

 

 

LITURGIA DO ANO “A”

3º. DOMINGO DO ADVENTO – 11.12.2016

Evangelho segundo Mateus, 11, 2-11

...............................................................................................................................

“”    Naquele tempo, João estava na prisão. Quando ouviu falar das obras de Cristo, enviou-lhe alguns discípulos para lhe perguntarem:

“És tu aquele que há de vir ou devemos esperar outro?”

Jesus respondeu-lhes:

“Ide contar a João o que estais ouvindo e vendo:

os cegos recuperam a vista,

os paralíticos andam,

os leprosos são curados,

os surdos ouvem,

os mortos ressuscitam

e os pobres são evangelizados.

Feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!”

Os discípulos de João partiram, e Jesus começou a falar às multidões sobre João:

“O que fostes ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? O que fostes ver?

Um homem vestido com roupas finas? Mas os que vestem roupas finas estão nos palácios dos reis.

Então, o que fostes ver? Um profeta? Sim, eu vos afirmo, e alguém que é mais do que profeta.

É dele que está escrito:

‘Eis que envio o meu mensageiro à tua frente; ele vai preparar o teu caminho diante de ti´.

Em verdade vos digo, de todos os homens que já nasceram, nenhum é maior que João Batista. No entanto, o menor no reino dos céus é maior que ele”.    “”

...............................................................................................................................

João Batista se incumbiu de anunciar a vinda do Salvador e, certamente à vista de comentários sobre a atuação de Jesus junto ao povo, mandou emissários para apurar se verdadeiros aqueles acontecimentos, se autênticos tantos prodígios.

E aí Jesus os remete de volta a João, eles próprios testemunhas da série extensa de milagres de toda sorte.

Mas antes Jesus se ocupa de glorificar a pessoa de João, mais importante do que os profetas, o maior dos homens que já nasceram.

As excelências do que seja a vida eterna da graça, Jesus as proclama no entanto ainda maiores do que o próprio João Batista.

A salvação, pois, dádiva suprema, em nada comparável ao que de mais admirável possa existir na vida terrena.

Supremo bem.          

                                                                                          João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

18 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio