Colunistas

Publicado: Domingo, 4 de dezembro de 2011

Sócrates, Brasileiro

Crédito: Internet Sócrates, Brasileiro
Saudade é lágrima em forma líquida

Um dia que seria de festa. Será?

Dia em que o Sport Club Corinthians Paulista poderia ser pentacampeão.

E os brasileiros acordam com a triste notícia do falecimento do Magrão.

Vítima de uma infecção generalizada, deixou-nos o Sócrates Brasileiro.

Que era Brasileiro mesmo, no sobrenome. Gênio do futebol.

Lembro das atuações socrásticas na Copa de 82.

Lembro como o criticaram na Copa de 86, no pênalti perdido com a França.

Coisas do futebol. Um dia se ganha, outro dia se perde, noutro se empata.

Coisas da vida. Um dia se nasce, outro dia se vive, noutro se morre.

Hoje chorei. Bobagem? Jamais... Lágrimas são saudade em forma líquida.

Não é necessário repetir os feitos do Doutor no futebol. A Imprensa o fará.

É preciso ressaltar, sim, o espírito de Sócrates dentro e fora dos campos.

Líder da Democracia Corinthiana. Engajado nas Diretas Já.

Sócrates foi doutor: na medicina, no esporte, na sociedade.

Não só os corinthianos devem ficar tristes hoje.

O futebol brasileiro vive um dia de luto.

Só posso pensar como está o elenco alvi-negro neste momento.

E, se eu fosse o Tite, diria que não há maneira melhor de homenagear o ídolo da Fiel a não ser conquistando o Campeonato Brasileiro de 2011.

Quando o jogo começar, Sócrates será sepultado.

Sócrates Brasileiro sai da vida para se eternizar na bola.

E pode festejar no Céu mais um título do Timão.

 

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

- Acompanhe o Programa Amém (3ª feiras, às 20h) e o Nova Cultura (domingos, às 11h) em www.novaitufm.com.br

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo