Colunistas

Publicado: Terça-feira, 15 de junho de 2010

SALA NA COPA - Vitória com sabor de empate...

Crédito: Internet SALA NA COPA - Vitória com sabor de empate...
Maicon fez o primeiro gol brasileiro na Copa 2010.

Juro: achei que a Eslováquia ganharia fácil da Nova Zelândia. O time da Oceania fazia sua estreia na segunda Copa. Café-com-leite total, certo? Errado. Jogaram bem. Mas nem tanto para evitar o gol eslovaco, cuja seleção dominou a partida de cabo a rabo.

E o futebol.. Ah, o futebol... Que maravilha! No último minuto do segundo tempo os neo-zelandeses (com hífen) empatam o jogo. Resolveram marcar seu primeiro gol em Copas justamente nessa partida. Azar dos Eslovacos.

Costa do Marfim e Portugal fizeram a melhor partida desta Copa, na minha opinião. Jogo jogado, movimentado, disputado. Ambas sabiam que uma das vagas do grupo é do Brasil. Assim, a partida de estreia poderia definir de cara quem ficaria com a segunda vaga.

Foi uma partida carregada de nuvens: as estrelas não brilharam. Cristiano Ronaldo e Drogba não convenceram. Uma andorinha não faz verão. Dependem agora de não tomar gols do Brasil e de fazer o máximo possível de gols contra a Coréia do Norte.

A primeira partida do Brasil na Copa 2010 foi meio frustrante. Eu esperava uma goleada. Mas vitória é sempre importante. Então foi uma vitória com sabor de empate. O time jogou bem, mas percebeu-se o suporte que os jogadores deram a Kaká no primeiro tempo, a  fim de que o camisa dez encontrasse seu ritmo novamente.

 Kaká voltou bem melhor no segundo tempo. Deve ter sido o efeito-dunga. E vieram o gol sem ângulo de Maicon e o gol da vitória de Elano. Surpresa foi tomar um gol da Coréia do Norte... até nisto entramos para a história! Mas foi gol resultante de desatenção, não de incompetência, embora pareçam a mesma coisa.

PREVISÕES: Chile vence Honduras; Espanha vence Suíça; África do Sul empata com Uruguai.

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo