Colunistas

Publicado: Sexta-feira, 2 de julho de 2010

SALA NA COPA - Tomei laranjada

Crédito: Internet SALA NA COPA - Tomei laranjada
Parecia perfeito, mas daí... tomei laranjada.

Começou bem demais pra ser verdade. Com dez minutos de jogo o Brasil estava à frente da Holanda. A Seleção dominou todo o primeiro tempo, levando perigo ao goleiro holandês mais duas ou três vezes. Tudo parecia como sempre e o time brasileiro foi para o vestiário com vantagem.

Mas daí...

Vieram a desatenção e a falta de sorte, coisas que existem no futebol. O mesmo Felipe Melo que deu o passe longo, resultando no gol de Robinho, resvalou com a cabeça na bola, tirando-a das mãos de Júlio César após a cobrança de falta holandesa.

Então veio o efeito psicológico, já que isso nunca tinha acontecido com a Seleção nesta Copa até o momento. Os jogadores passaram a errar passes, caíram no nervosismo e deixavam de criar jogadas. O desespero gerou espaços para os holandeses jogarem e os brasileiros relaxaram na marcação.

Em outra jogada de bola parada, veio o gol da virada da Holanda. E de virada, a gente sabe, é sempre mais gostoso. Felipe Melo perdeu a cabeça e foi expulso, mas não mudaria nada estar em campo. O time brasileiro simplesmente perdeu todo o controle exibido no primeiro tempo da partida.

A Holanda fez por merecer. Saiu perdendo, acreditou, virou o jogo. Os fanáticos podem alegar quaisquer coincidências ou superstições. Bobagem. No futebol vence o melhor. Pensando bem... nem sempre isso acontece. Tomei laranjada.

Ao menos o Uruguai prossegue na competição, depois de quatro décadas ausente de uma semi-final. Se não pudemos ser felizes, quem sabe nos alegramos com a felicidade dos vizinhos?

PREVISÕES: Alemanha vence Argentina; Espanha vence Paraguai.

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo