Colunistas

Publicado: Quarta-feira, 30 de junho de 2010

SALA NA COPA - Soy loco por ti América

Crédito: Internet SALA NA COPA - Soy loco por ti América
Paraguai funcionou de novo e garantiu sua vaga.

Japão e Paraguai estiveram pela primeira vez nas oitavas. Dá até vontade de que nunca mais estejam. Protagonizaram um jogo chato. Com medo da derrota, nenhum dos times se arriscou muito. Poucas chances reais de gol. Seria mais fácil se decidissem a partida logo nos pênaltis.

Os paraguaios demonstraram mais competência na cobrança, marcaram todas as penalidades. Os japoneses fizeram as malas chorando, com aquela sensação de “quase” instalada em toda a torcida mais uma vez. Agora é recomeçar a preparação para, quem sabe, voltar ao páreo em 2014.

Portugal e Espanha fizeram um jogo mais animado. Parece que a rivalidade ibérica relembrou a era dos navegadores e da colonização das Américas. Sem Tratado de Tordesilhas, os times avançavam um no território do outro. Apenas de vez em quando levavam verdadeiro perigo a ambos os goleiros.

Os espanhois foram superiores. Portugal tem seus méritos, mas um deles certamente não é Cristiano Ronaldo. Passou a Copa do Mundo em branco, sem justificar a fama de “melhor do mundo”. Mas manteve o bom penteado. Os lusitanos devem estar com uma saudade tremenda do Felipão.

Vamos agora às quartas-de-final mais sul-americanizadas da história das Copas. São quatro sul-americanos, um que cada partida das quartas. São três europeus e apenas um africano. Dependendo da sorte de cada um, poderemos ter semi-finais de Copa América na África do Sul. Será?

PREVISÕES: Brasil vence Holanda; Uruguai vence Gana.

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é sacerdote católico apostólico romano e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo