Colunistas

Publicado: Sexta-feira, 25 de junho de 2010

SALA NA COPA - Arrivederci e arigatô

Crédito: Internet SALA NA COPA - Arrivederci e arigatô
"Amore, scusa me" diz a Azurra aos torcedores.

Se há um mês eu escrevesse aqui que a Itália seria a última colocada em seu grupo, portanto eliminada na primeira fase, seria chamado de maluco e revanchista. Concordo e tal ideia nunca passou pela minha mente.

E foi o que aconteceu com a Azurra, por incrível que pareça. Juntando-se com a França na eliminação, as duas finalistas da Copa da Alemanha deram adeus à competição. Para ambas, resta uma reformulação total com vistas a 2014.

Todo mérito para a Eslováquia, time que representa um país que a maioria sequer consegue localizar no mapa mundi. Pois os eslovacos jogaram como gente grande, mostrando muita vontade e raça. Contraste total com os italianos, um time cansado, em crise, apático.

Paraguai e Holanda fizeram sua parte. Camarões já estava desclassificada e as chances da Nova Zelândia eram remotas. Diante do emocionante jogo entre Itália e Eslováquia, suas respectivas partidas perderam a graça.

Outra boa surpresa veio dos japoneses. A seleção do Japão superou a defesa da Dinamarca e marcou três vezes. A terra do sol nascente passou para as oitavas com muita alegria e bom futebol. Os japoneses passaram o dia agradecendo a Zico por introduzir o esporte mais apaixonante do mundo em seu país.

A rodada de hoje na Copa do Mundo pode ser resumida em duas expressões: arrivederci e arigatô.

PREVISÕES: Brasil vence Portugal; Costa do Marfim vence Coréia do Norte; Chile vence Espanha; Suíça vence Honduras.

CLASSIFICADOS: No Grupo G, Brasil e Portugal; no Grupo H, Chile e Suíça.

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é sacerdote católico apostólico romano e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo