Colunistas

Publicado: Domingo, 7 de agosto de 2016

Sacerdote, para sempre

Sacerdote, para sempre

 

19º. DOMINGO DO TEMPO COMUM

7.ago.2016 – Liturgia : Ano “C”

Evangelho segundo Lucas (12, 35-40)

...............................................................................................................................

“”    Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:

“Que vossos rins estejam cingidos e as lâmpadas acesas.

Sejam como homens que estão esperando seu senhor voltar de uma festa de casamento para lhe abrirem a porta, logo que ele chegar e bater.

Felizes os empregados que o senhor encontrar acordados quando chegar. Em verdade eu vos digo, ele mesmo vai cingir-se, fazê-los sentar-se à mesa e, passando,os servirá.

E caso ele chegue à meia noite ou às três da madrugada, felizes serão se assim os encontrar!

Mas ficai certos, se o dono da casa soubesse a hora em que o ladrão iria chegar, não deixaria que arrombasse a sua casa.

Vós também, ficai preparados! Porque o Filho do homem vai chegar na hora em que menos o esperais”.    “”

...............................................................................................................................

A liturgia de hoje faculta a escolha de um texto do evangelho mais resumido, como acima foi exposto, a compreender os versículos de 35 a 40.

Outra opção, no mesmo capítulo 12, essa mais extensa, a abranger a mesma matéria do capítulo 12, estendida porém desde o versículo 32 até o 48.

Cuida-se tanto no todo como neste resumo, de atentar para a realidade de que o momento final de todos pode chegar de improviso.

Seja dado dizer também que, paralelamente, se festeja aqui o Dia do Padre.

A data tradicional, quando na liturgia não havia o costume de trazer sempre para o domingo os dias comemorativos, sabe-se que na verdade, o dia 8 de agosto vem a ser a data correta dedicada a homenagear os sacerdotes.

Hoje pela manhã, na Igreja das Irmãs Redentoristas, na rua Sílvio Fleming, aqui em Itu, o celebrante, notoriamente inspirado e em palavras simples, trouxe uma comovente homilia comemorativa. Reuniu num só contexto palavras simples e realce da sublime da vocação sacerdotal. Não se menciona o nome do celebrante por respeito a seu porte excelentemente humilde.

Não sejam os padres vistos como pessoas distanciadas.

São eles os propagadores do Reino, de dedicação exclusiva ao próximo.

                                                                                                                      João Paulo

 

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

18 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio