Colunistas

Publicado: Quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Que país é este?

Crédito: Internet Que país é este?
Nossa Constituição é bela obra de ficção.

Entrou na casa dos seus 40 anos de composição a conhecida música do título deste artigo, composta por Renato Russo e eternizada a partir dos shows e discos do Legião Urbana. Por mais que o mundo tenha mudado em quatro décadas, a canção continua atual e na boca do povo que não se cansa em procurar respostas para a tal pergunta.

Longe de fazer uma análise literária completa, detenho-me apenas no trecho que afirma: “Ninguém respeita a Constituição, mas todos acreditam no futuro da nação”. De fato, nossa Carta Magna foi construída na Assembléia Constituinte, entre 1987 e 1988, para ser algo que não se deve levar à sério. Em outras palavras, a tal da nossa “Constituição Cidadã” não é respeitada porque não se dá ao respeito.

Quem é que já tenha pegado a Constituição para uma boa leitura (e são poucos os que já fizeram isso) concluirá que se trata de uma bela obra de ficção. Nela promete-se tudo, mas entrega-se nada. Os brasileiros teríamos milhares de direitos e, na prática, a maioria deles não é entregue pelo Estado. No papel vale tudo, como se diz sempre.

A esquizofrenia social brasileira impede nossa sociedade de tomar providências práticas contra a nossa triste realidade constitucional. Que país é este? É um país em que muitos acreditam que terão um bom futuro, garantido por leis que não são cumpridas.

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é sacerdote católico apostólico romano e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo

16 dias atrás

OBRIGADÍSSIMO, ITU.COM!

18 de setembro de 2019

Padre Bento e o Xis da Questão

7 de setembro de 2019

CATÓLICO MEIA-BOCA

Ariza Centro Veterinrio