Colunistas

Publicado: Sábado, 25 de maio de 2019

Prêmio, a seu alcance

REFLEXÃO DOMINICAL – 26.5.2019

6º. da Páscoa – Ano C, de Lucas

Evangelho: (João, 14, 23-29)   

...............................................................

 

“”  Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:

“Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e o meu Pai o amará. E nós viremos e faremos nele a nossa morada.

Quem não me ama não guarda a minha palavra.

E a palavra que escutais não é minha, mas do Pai que me enviou. Isso é o que vos disse enquanto estava convosco.

Mas o defensor, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará tudo e vos recordará tudo o que eu vos tenho dito.

Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; mas não a dou como o mundo.

Não se perturbe nem se intimide o vosso coração.

Ouvistes que eu vos disse:

´Vou, mas voltarei a vós´.

Se me amasseis, ficaríeis alegres porque vou para o Pai, pois o Pai é maior do que eu.

Disse-vos isso agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis”.

.............................................................

 

É de se imaginar que, numa linguagem ainda um tanto estranha aos discípulos, sequer tenham compreendido que se tratava na verdade, como se fora uma despedida do Mestre. Assim como que uma espécie de cuidado e carinho para com seus seguidores, a prepará-los para o momento do Calvário.

Tanto assim que finaliza sua preleção, a prevenir, que quando tudo viesse a acontecer, se lembrariam e acreditariam.

Na parte central das recomendações de Jesus, então, assegura-se que o Espírito Santo, como que assumirá a tarefa de fazer compreenderem, os discípulos, o cerne das lições de Jesus, preconizadas em toda a peregrinação de sua vida pública.

Destarte, na reflexão de hoje, patenteia-se de modo que mais explícito não se poderia fazer: a realidade consoladora da existência de um Deus, Uno e Trino.

Nada de mais, por conseguinte, se aproprie o fiel, nós outros diga-se melhor, dessa valia divina que nos assegura socorro a tempo e hora, desde que se insistam todos nesse caminho aberto da Igreja, rumo certo para a salvação.

Em outras palavras, prêmio assegurado, ao alcance de quem o queira.

Amém.

                                                                      João Paulo

 

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

22 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio