Colunistas

Publicado: Terça-feira, 5 de setembro de 2017

Preciso mesmo entregar convite por convite?

Crédito: Divulgação Preciso mesmo entregar convite por convite?
Quando não entregar o convite pessoalmente, ligue para dizer o quanto faz questão da presença do convidado

Uma das grandes dúvidas que recebo quase que diariamente através dos meus clientes é em relação aos convites. Eles sempre perguntam: “ah! Mariáh tenho mesmo que entregar convite por convite?” e eu respondo: “se possível, sim!”

E por que digo isso? Porque estamos programando este casamento há pelo menos um ano (na maioria dos casos), as pessoas selecionadas na lista são de fato, as mais especiais para os noivos e pais dos noivos, em um mundo onde há 7 bilhões de pessoas, 200, 300 e em raríssimos casos 600 pessoas foram escolhidas para participar deste momento tão especial.

Sendo assim, procuro orientar meus clientes em se programarem na organização para que três meses antes do casamento reservem pelo menos um mês para a entrega dos convites. Claro, que é muito difícil entregar para todos, às vezes o convidado não mora na mesma cidade, o que não impede de enviar via correio. Porém, ligue para comunicar que o convite foi postado e que faz questão da presença dele.

Para pais, padrinhos, avós e pessoas próximas é de bom tom entregar o convite pessoalmente, esta é uma fase tão gostosa para querer pular etapas. Muitos momentos especiais e marcantes que você vai levar para sua vida, pode acontecer na hora da entrega do convite, afinal, a gente não casa todo dia, vale a pena dar uma atenção especial ao que realmente é importante para vocês.

Não estou aqui querendo dizer que é uma regra entregar convite por convite, em alguns casos, existem convidados por parte dos pais, e aí você pode pedir que eles mesmos entreguem, mas da mesma forma que sugiro ligar para o convidado quando o convite for por correio, também acredito na boa educação de ligar para este convidado e dizer: “pedi ao papai que entregasse o convite para você, com a correria dos preparativos finais não consegui estar junto na entrega, mas fazemos questão da sua presença, ela muito nos alegrará”.

“Mas Mariáh, não posso enviar pelo whats uma mensagem?”
- Gente, vocês podem fazer o que quiserem fazer, mas antes de qualquer coisa, pense se fosse você, convidado para um casamento via whatsap, como se sentiria?

Não é uma regra não poder enviar via e-mail ou whats, porém não é elegante, salve em alguns casos quando o convidado é de outro país, aí facilita para ambos, de qualquer maneira, não deixe de demonstrar a importância da presença dele em sua festa.

PS1: dê ao próximo a mesma importância que gostaria de receber.

PS2: nunca convide por educação ou achando que o convidado não vem por qualquer razão, eles podem te surpreender! Se não quer que venha, não convide.

PS3: convidado que recebe convite deve confirmar sua presença ou sua ausência.

Comentários

Realizando sonhos

Fernanda Mariáh

Fernanda Mariáh

Formada em Jornalismo com pós-graduação em Gestão de Pessoas. Atuou por seis anos como assessora de imprensa, e migrou para a área de eventos. Há quatro anos é organizadora de festas como casamentos, bodas, aniversários, batizados, corporativos e outros.

Arquivo