Colunistas

Publicado: Quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Pedofilia Seletiva

Crédito: Internet Pedofilia Seletiva
Há mais pedófilos escondidos dentro de casa do que nas sacristias.

Artigo publicado ontem pela jornalista Mariliz Pereira Jorge, no Portal UOL, tem por título uma pergunta marota: “Por onde anda Deus quando um padre estupra uma criança”? Afirmo que a pergunta é marota porque a colega, embora não seja obrigada a ter noções básicas de Teologia, deve muito bem compreender que nosso Deus não tem nada a ver com a maldade cometida pelos que não vivem no amor e na bondade, como Ele nos pede. Má vontade com Deus e com a Igreja Católica: eis a regra de ouro do jornalista de visão rasa quando deseja agradar a maior parte dos leitores. Em vez de se aprofundar no assunto, joga para a torcida.

É triste constatar a realidade de que a pedofilia existe mesmo entre poucos padres católicos. Era para não ser nenhum, mas infelizmente não é o que ocorre. Principalmente nos últimos anos, tanto Bento XVI quanto o Papa Francisco têm se esforçado em investigar e punir os sacerdotes pedófilos. Ao mesmo tempo, já pediram desculpas publicamente várias vezes. Mas para a imprensa anti-católica nada disso vale. Não valem os padres afastados, as comissões de investigação formadas, as constantes declarações condenando essa abominação que degrada a imagem da Igreja.

Principalmente no Brasil, os dados sobre a pedofilia são muito frágeis. Não se pode confiar muito neles, mas a experiência de várias fontes indicam que a grande maioria dos casos de pedofilia acontece em casa, sendo perpetradores os próprios pais, padrastos, parentes próximos ou conhecidos da família. Outro mito que a imprensa fomenta de propósito é o de que mulheres não podem ser pedófilas. Podem sim. E também há casos. A imoralidade sexual já não faz distinção de gênero.

Há mais pedófilos escondidos dentro de casa do que numa sacristia. Repito: não deveria haver nenhum caso envolvendo a Igreja e aqui não se está querendo isentar de culpa os que são mesmo culpados. Porém, não se pode transferir automaticamente a pecha de pedófilo aos mais de 400 mil padres católicos espalhados pelos cinco continentes, porque isso é desonesto de várias formas.

Ademais, a imprensa é condescendente com a pedofilia quando lhe interessa. Em 16 de outubro de 2015 o blog Mulher, do UOL, publicou matéria intitulada “Pedofilia não é sinônimo de abuso sexual e também requer ajuda”, assinada por Yannik D’Elboux. Em 11 de setembro de 2017, a coluna TAB, do mesmo UOL, publicou a matéria “Pedófilo procura ajuda”, assinada por Mirella Nascimento. Ambas dão a entender que o pedófilo não seria um criminoso, mas um simples “doente”. Matérias assim são publicadas de tempos em tempos. É muita boa vontade para com os abusadores de criança. Os que não são da Igreja, claro!

Pedofilia é crime, um ato abominável diante de qualquer pessoa e principalmente diante de Deus. Jamais um católico de bom senso e realmente fiel à Doutrina, aceitaria justificativas para coisa tão medonha praticada por membros da Igreja. Mas daí a demonizar o clero todo e crucificar o Papa na mídia mundial, vai uma diferença enorme.

Como o assunto é deveras complexo e delicado, coloco abaixo links de fontes contendo matérias e reportagens sobre o tema. Os realmente interessados, façam o favor de mergulhar neles. Encerro respondendo, com toda boa vontade, à pergunta marota da colega Mariliz, imaginando que ela não queira mesmo somente fazer acusações distorcidas mas que também está, como nós católicos, preocupadíssima com o combate à pedofilia.

Poisé, Mariliz... Sabe por onde anda Deus quando um padre estupra uma criança? Está chorando junto com ela. Pois o Criador nos deu o livre-arbítrio para praticarmos o bem ou o mal e infelizmente não são poucos os que escolhem o caminho da maldade. Deus, que nos deu tudo, não tem culpa das nossas imoralidades e crimes. Ele chora junto com as vítimas, sejam elas abusadas por sacerdotes ou não.

 

FONTES:

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/marilizpereirajorge/2018/08/por-onde-anda-deus-quando-um-padre-estupra-uma-crianca.shtml

https://www.bbc.com/portuguese/brasil-43010109

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2018/08/09/menina-de-4-anos-e-estuprada-apos-dormir-na-casa-da-patroa-da-mae-na-zona-oeste-do-rio.ghtml

https://tab.uol.com.br/pedofilia#imagem-1

http://estudosnacionais.com/geral/militancia-pela-pedofilia-no-uol/

https://noticias.r7.com/sao-paulo/mulheres-pedofilas-entenda-porque-elas-sao-pouco-denunciadas-06072015

http://www.ihu.unisinos.br/170-noticias/noticias-2014/529053-pedofilia-pesadelo-que-comeca-na-infancia-e-em-casa

https://padrepauloricardo.org/blog/quem-vai-pedir-explicacoes-a-onu

http://www.olavodecarvalho.org/cem-anos-de-pedofilia/

  •  
Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é sacerdote católico apostólico romano e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo