Colunistas

Publicado: Sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Oração da Seca

Crédito: pixabay.com Oração da Seca

Nesta seca interminável,
Causando miséria e dor
Num povo sofrido e afável,
Forte e batalhador,
Tu somente tens a chave
Dos céus – te pedimos, abre –
Caia a chuva com vigor.

 

Suave precipitação
Aguardamos com fervor,
Mas tendo a convicção:
Ninguém é merecedor;
Muito temos ofendido
Nosso próximo afligido
De injustiça e desamor.

 

Suplicamos teu perdão,
Instamos por teu favor;
Sara, pois, esta nação
Alço a voz neste clamor
– Vem, restaura a esperança
Do velho e da criança –
Por Jesus, o Rei, Senhor!

Comentários

É Tempo de Poesia

George Gimenes

George Gimenes

Formado em Engenharia Elétrica pela Unicamp, poeta por vocação, publica online no "Recanto das Letras" e em seu blog "O Engenheiro Que Virou Poeta". Possui também publicações em livro solo e em antologias. Natural de Itu, reside com sua esposa no Canadá.

Arquivo

22 dias atrás

New York

31 de agosto de 2019

Andorinhas

9 de agosto de 2019

Mãos Procuram-se

23 de maio de 2019

Saudade Sem Saída

12 de maio de 2019

Mãe Inexplicável

Ariza Centro Veterinrio