Colunistas

Publicado: Terça-feira, 25 de dezembro de 2018

O Presente do Alto

Crédito: acervo do autor O Presente do Alto

 

O Presente do Alto

 

Em panos, aquecido, ali descansa
o amor que surpassa a compreensão.
Maravilhosa promessa e esperança,
presente indelével – revelação.

 

Da virgem, um menino nos nasceu –
raiz de Davi, o justo renovo,
nossa justiça – um filho se nos deu
para, do pecado, salvar seu povo.

 

Assim diz o nome – Yeshua – Jesus:
de Deus, a Palavra, o Filho, o Cordeiro;
da paz, o príncipe; do mundo, a luz;
Deus forte, Pai eterno, conselheiro.

 

Vivo Ele está e irá retornar
não mais menino, mas Rei a reinar!
 

 

 

Poema originalmente publicado na antologia "Flores de Natal", Darda Editora 2016

Comentários

É Tempo de Poesia

George Gimenes

George Gimenes

Formado em Engenharia Elétrica pela Unicamp, poeta por vocação, publica online no "Recanto das Letras" e em seu blog "O Engenheiro Que Virou Poeta". Possui também publicações em livro solo e em antologias. Natural de Itu, reside com sua esposa no Canadá.

Arquivo

10 dias atrás

Mãe Inexplicável

21 de abril de 2019

Provérbio do Amor

14 de abril de 2019

Agravada Ofensa

25 de março de 2019

Primavera ao Norte

11 de março de 2019

Minha Terra, Canto Meu