Colunistas

Publicado: Terça-feira, 25 de dezembro de 2018

O Presente do Alto

Crédito: acervo do autor O Presente do Alto

 

O Presente do Alto

 

Em panos, aquecido, ali descansa
o amor que surpassa a compreensão.
Maravilhosa promessa e esperança,
presente indelével – revelação.

 

Da virgem, um menino nos nasceu –
raiz de Davi, o justo renovo,
nossa justiça – um filho se nos deu
para, do pecado, salvar seu povo.

 

Assim diz o nome – Yeshua – Jesus:
de Deus, a Palavra, o Filho, o Cordeiro;
da paz, o príncipe; do mundo, a luz;
Deus forte, Pai eterno, conselheiro.

 

Vivo Ele está e irá retornar
não mais menino, mas Rei a reinar!
 

 

 

Poema originalmente publicado na antologia "Flores de Natal", Darda Editora 2016

Comentários

É Tempo de Poesia

George Gimenes

George Gimenes

Engenheiro por formação e poeta por vocação. Escreve para o site "Recanto das Letras" e para seu blog "O Engeheiro Que Virou Poeta". Também participa da "Casa dos Poetas e da Poesia". É nascido e criado em Itu, mas vive há vários anos no Canadá.

Arquivo

19 dias atrás

Rio Coragem

26 dias atrás

O Presente do Alto

24 de novembro de 2018

Naquele Porta-retrato

2 de novembro de 2018

Macho Azul

22 de outubro de 2018

Rosa Urgente