Colunistas

Publicado: Quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

O Cordeiro de Deus

Segundo Domingo Comum.
2011, 16 de janeiro.
Evangelho segundo João (1, 29-34).

*   *   *   *   *

“”  Naquele tempo, João viu Jesus aproximar-se dele e disse:

“Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. Dele é que eu disse: ‘Depois de mim vem um homem que passou à minha frente, porque existia antes de mim’.

Também eu não o conhecia, mas, se eu vim batizar com água, foi para que ele fosse manifestado a Israel”.

E João deu testemunho, dizendo: “Eu vi o Espírito descer, como uma pomba, do céu e permanecer sobre ele. Também eu não o conhecia, mas aquele que me enviou a batizar com água me disse: ‘Aquele sobre quem vires o Espírito descer e permanecer,  este é quem batiza com o Espírito Santo’.
Eu vi e dou testemunho: este é o Filho de Deus!”  “”

            *   *   *   *   *

Na semana que passou, segundo Mateus, viu-se o episódio em que João em princípio se negara a batizar Jesus, mas aquiesceu quando este o lembrou de que haveriam de serem cumpridas as profecias.

Agora – e no contexto de João – ocorre em verdade uma simples sequência daquele acontecimento, agora com João Batista a corroborar o acontecido, sob o veemente testemunho de que participara dele e tudo vira.

Assim o proclama também a Igreja, através dos tempos, no instante em que o celebrante, na santa missa, no momento que precede a comunhão sacramental dos fiéis na missa. E o faz solenemente:
“Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo”.

                                                                                                João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

17 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio