Colunistas

Publicado: Segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

O Chelsea Que Se Cuide

Crédito: Internet O Chelsea Que Se Cuide
Monterrey quer aprontar pra cima dos ingleses

Domingo, além de ser dia de pastel na feira (vide artigo anterior) é ainda dia de futebol.

A jornada começou de madrugada, com o Monterrey (México) enfrentando o Ulsan Hyundai (Coréia do Sul) no Mundial de Clubes. Foi jogo fácil para os mexicanos, que acabaram vencendo por 3 a 1.

Na sequência, o Sanfrecce Hiroshima (Japão) enfrentou o Al Ahly (Egito) no jogo que foi o melhor e mais disputado dessa rodada. Ambos os times têm qualidade técnica mediana e eram compatíveis entre si. Jogaram abertamente e houve vários gols desperdiçados, a ponto do torcedor ficar até revoltado. No fim venceram os egípcios, por 2 a 1.

Na próxima quarta-feira (12/12) começam as semi-fnais e, de certo modo, o campeonato pra valer. As grandes estrelas da competição finalmente farão sua estréia. Todos querem ver se prevalecerá o tal favoritismo ou se alguma surpresa aparecerá no meio do caminho.

A missão do Corinthians parece mais fácil. Os egípcios do Al Ahly jogam bem, mas têm um sistema defensivo um tanto falho. No entanto, futebol é futebol. Só se ganha o jogo dentro do campo e depois dos 90 minutos. Acho que os maiores adversários do Timão nesse primeiro jogo serão o nervosismo e a ansiedade.

Quem deve ficar de olhos bem abertos e tomar cuidado é o Chelsea. Depois do time inglês e do brasileiro, o Monterrey é o que tem mais tradição na arte da bola. Eles não têm nada a perder, jogarão tentando aprontar alguma e acabar com a tão sonhada e aguardada final entre os campões da Europa e da América do Sul.

Encerrando a maratona futebolística dominical, o clássico de Manchester entre o City e o United é sempre imperdível. Os vermelhos ganharam na casa dos rivais, por 3 a 2, com um gol em cobrança de falta batida por Van Persie apenas três minutos antes do fim da partida.

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é sacerdote católico apostólico romano e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo