Colunistas

Publicado: Terça-feira, 21 de junho de 2011

Níver de 40 Anos

Crédito: Internet Níver de 40 Anos
A taça do mundo é nossa... Sempre.

Hoje celebramos um aniversário de 41 anos.

Em 21 de junho de 1970, o futebol brasileiro tornava-se tricampeão mundial.

Na escalação principal, tínhamos: Félix, Brito, Piazza e Clodoaldo; Rivelino e Gérson; Everaldo e Carlos Alberto; Tostão, Jairzinho e Pelé. O técnico era Zagallo, o super campão, o eterno (haja visto que segue competindo diretamente com Oscar Niemeyer). Seu auxiliar: Carlos Alberto Parreira.

Na chegada da delegação brasileira no México, o técnico vaticinou: “seremos os primeiros a chegar e os últimos a ir embora”. Em ritmo de festa, ao som de Wilson Simonal, os brasileiros conquistaram a Jules Rimet com o glamour que jamais seria repetido.

Tchecoslováquia, Inglaterra (pfff) e Romênia, foram batidas na primeira fase. Peru (glu-glu) nas Quartas e Uruguai (maldito maracanazzo) na Semifinal. Na final um passeio na rotisseria batendo os italianos em 4 a 1.

Em seis jogos disputados, foram 19 gols marcados e apenas 7 sofridos. O melhor ataque da competição. Aclamado o melhor time de TODOS os tempos. Jairzinho fez gol em todos os seis jogos que disputou. Pelé fez quatro tentos, em seus plenos 29 aninhos de idade.

Na Copa de 70, o Brasil emancipou-se futebolisticamente falando. Deixou de ser igual aos outros. Largou de vez os complexos de inferioridade. Tornou-se referência em futebol. A partir de então poderiam nos imitar... Igualar-se, jamais.

Deixando de lado escândalos na FIFA e na CBF, ainda somos os únicos pentacampeões. Ainda temos safras de grandes craques a cada ano, como Neymar e Ganso atualmente. A taça do mundo é nossa... com nosso time, ainda não há quem possa.

Vem aí a Copa América, a ser realizada na Argentina de Messi.

Vamos acompanhar diariamente, com certeza.

O Brasil é sempre Brasil, com suas sortes e azares. E gols. E títulos.

Aguardem...

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

- Acompanhe o Programa Amém às terças, às 20h em www.novaitufm.com.br

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo