Colunistas

Publicado: Sábado, 24 de novembro de 2018

Naquele Porta-retrato

Naquele Porta-retrato

 

Naquele Porta-retrato

 

 Inaudito, o seu sorriso
Contagia o coração
Dele faz um paraíso
E desfaz a solidão

Sempre o tenho aqui comigo
Um bálsamo em profusão
Conforto por onde sigo
Seja qual a direção

Tempo voa – duro fato
Afiado bisturi –
Meu alento em seu retrato

Mais precioso que rubis
Naquele porta-retrato
Seu sorriso me sorri

Comentários

É Tempo de Poesia

George Gimenes

George Gimenes

Formado em Engenharia Elétrica pela Unicamp, poeta por vocação, publica online no "Recanto das Letras" e em seu blog "O Engenheiro Que Virou Poeta". Possui também publicações em livro solo e em antologias. Natural de Itu, reside com sua esposa no Canadá.

Arquivo

23 de maio de 2019

Saudade Sem Saída

12 de maio de 2019

Mãe Inexplicável

21 de abril de 2019

Provérbio do Amor

14 de abril de 2019

Agravada Ofensa

25 de março de 2019

Primavera ao Norte