Colunistas

Publicado: Segunda-feira, 8 de março de 2010

Nada sem elas

Crédito: Internet Nada sem elas
A mulher é a cereja no bolo da criação.

Quando Deus criou o mundo, fez todas as coisas e viu que tudo era bom. Resolveu dar o toque final com o gênero humano, sua grande obra-prima. Depois de criar o Homem, viu que tudo continuava bom. Mas faltava algo... Teve mais um estalo criativo e fez a Mulher, cujo Dia Internacional celebramos hoje.

Podemos concluir que a mulher é a cereja no bolo da criação. É a pincelada final num belo quadro. É a decisão por pênaltis na final da Copa do Mundo. É o extrato bancário com saldo positivo no final do mês. É a chegada ao litoral norte sem congestionamento algum.

As mulheres sempre tiveram um papel igual ao dos homens na história humana. Cada sexo com suas funções. Mas em certo momento os machos mudaram algo e as mulheres foram forçadas a ser coadjuvantes. Felizmente os últimos 50 anos mudaram isso.

Hoje há mais mulheres nas faculdades do que homens. Elas já atuam em praticamente todos os ramos de trabalho. Tiram emprego de muitos homens competentes por aí. Mas ainda têm salários mais baixos e sofrem preconceitos. Essas e outras barreiras ainda precisam ser duramente combatidas.

Vivo dizendo e escrevendo que o mundo não teria graça alguma sem as mulheres. Na verdade, o Dia Internacional da Mulher não é uma data na qual todos paramos para render homenagens. É apenas o dia em que os homens, do alto de sua discutível independência, dão o braço a torcer de que não seriam nada sem elas.

 

- Faça seu comentário e mande sua sugestão de assunto para o artigo seguinte!

Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo