Colunistas

Publicado: Domingo, 12 de maio de 2019

Mãe Inexplicável

Crédito: imagem: matsu5 / shutterstock Mãe Inexplicável

 

 


        Mãe Inexplicável 


  

Mãe - quem pode compreender
Teu amor, teu bem-querer,
O altruismo do teu ser?

 

Mãe - Nome doce ao paladar,
Haverá como explicar
Tua fibra e força do amar?


Mãe - quão profuso é o teu carinho
Com que inundas os pintainhos
Teus, por todos seus caminhos!


Mãe - infinitos predicados - muito, muito obrigado!

 


 

N. do A.:  poema em "Decanato Poético", estilo criado pela poetisa Norma Aparecida Silveira Moraes,
                composto por 3 tercetos (respectivos versos rimando entre si) e um monóstico livre.

 


 

Comentários

É Tempo de Poesia

George Gimenes

George Gimenes

Formado em Engenharia Elétrica pela Unicamp, poeta por vocação, publica online no "Recanto das Letras" e em seu blog "O Engenheiro Que Virou Poeta". Possui também publicações em livro solo e em antologias. Natural de Itu, reside com sua esposa no Canadá.

Arquivo

23 de maio de 2019

Saudade Sem Saída

12 de maio de 2019

Mãe Inexplicável

21 de abril de 2019

Provérbio do Amor

14 de abril de 2019

Agravada Ofensa

25 de março de 2019

Primavera ao Norte