Colunistas

Publicado: Sábado, 26 de janeiro de 2008

Jovem nazareno encanta com pregações

Jovem nazareno encanta com pregações
As palavras de Jesus de Nazaré tem atraído multidões; pregações demonstram autoridade
 
O polêmico Jesus de Nazaré continua dando o que falar. Após fatos incríveis ocorridos durante seu encontro com João Batista no Rio Jordão, aumentou o número de pessoas que lhe acompanham os passos.
 
Há um grande grupo que o segue aonde quer que vá. E um grupo um pouco menor, a quem chamam de Apóstolos. Estes recebem uma atenção especial, pois convivem diariamente com o nazareno, conversam, comem e dormem nas mesmas condições.
 
Em geral, o povo vem tratando Jesus como a um profeta. Na mente de muitos, ele não passa de um continuador das pregações de conversão, justiça e paz que um dia saíram da boca de Elias, Isaías e tantos profetas que já apareceram em Israel.
 
É com esse status, o de profeta, que Jesus aproveita a aglomeração do povo para pregar em praças e sinagogas. Acompanhado de seus seguidores, passa em inúmeros povoados. Diz estar levando a “Boa Nova” ao povo e que iniciou assim a sua “vida pública”. Membros do governo e lideranças judaicas já estão de olho nas pregações de Jesus.
 
Falando recentemente à multidão, o jovem nazareno exortou o povo a falar do Reino de Deus a todos. “Alguém acende uma vela para colocar debaixo da cama?”, disse. “Não é melhor colocar no ponto mais alto da casa? Não há nada secreto e que não possa ser contado: quem tiver ouvidos para ouvir, que ouça”.
 
As pessoas realmente escutam, maravilhadas, as pregações de Jesus. Ele fala de coisas antigas como se fossem novas e suas palavras têm autoridade.
Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo