Colunistas

Publicado: Sábado, 31 de março de 2018

Jesus ressuscitou!

REFLEXÃO DOMINICAL – 1º.4.2018

Páscoa da Ressurreição – Liturgia do Ano B, de Marcos

Evangelho (João, 20, 1-9)

...............

 

“”    No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo.

Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse:

“Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o colocaram”.

Saíram, então, Pedro e o outro discípulo e foram ao túmulo. Os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais depressa que Pedro e chegou primeiro ao túmulo.

Olhando para dentro, viu as faixas de linho no chão, mas não entrou.

Chegou também Simão Pedro, que vinha correndo atrás, e entrou no túmulo. Viu as faixas de linho deitadas no chão e o pano que tinha estado sobre a cabeça de Jesus, não posto com as faixas, mas enrolado num lugar à parte.

Então entrou também o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo. Ele viu e acreditou.

De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura, segundo a qual ele devia ressuscitar dos mortos.    “”

...............

Uma descrição límpida, breve e plena mas sem contradição nesse sentido, eis que alcança todos os pormenores da Ressurreição de Jesus, com profundidade e detalhes. Contudo – é interessante perceber – como se doutra maneira melhor não seria possível dizer, desse evento maior da Cristandade.

Jesus ressuscitou!

Motivos e razões de sobra para o júbilo como a Igreja celebra, se alegra e se afirma na fé dos seus seguidores. Felizes os que creem.

Mas somente de vibração, seria pouco, ficar por aí. Haverá o cristão de, com sua convicção plena, transmitir de si, de seu júbilo, comedido mas puro, a alegria que lhe vai na alma. Demonstrar o quanto a Igreja se eleva e se firma, exatamente por causa da enormidade do evento, de uma ressurreição, única como não poderia deixar de ser, em todos os tempos e para sempre.

Firmados na fé, a nós outros, simples mortais e ainda na lida, acreditamos que ressurrectos também o seremos, na glória celeste da outra vida, aquela sem fim.   

                                                                                    

Veja quem lhe esteja por perto e próximo. Se um ou mais, abrace-os todos. Vão se admirar e perguntar por que esse gesto inesperado. Aí você diz simplesmente:

Jesus ressuscitou!

                                                                                           João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

18 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio