Colunistas

Publicado: Sábado, 19 de janeiro de 2008

"Jesus é o Filho de Deus", afirma João Batista

João Batista afirmou que Jesus de Nazaré é o Filho

O polêmico João Batista continua fazendo repercutir suas palavras na região do Rio Jordão. Diariamente, são inúmeros os relatos de pessoas que se deslumbraram com suas pregações.

“Eu sou a voz que clama no deserto!”, costuma dizer na margem do rio. Logo após a passagem pelo local de um certo Jesus de Nazaré, uma outra declaração espantou a todos. Apontando para o jovem nazareno, praticamente gritou: “Eis o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”.

A princípio, sua declaração não foi compreendida nem por seus seguidores mais próximos. Fontes revelaram que João Batista afirmou ter recebido do céu a confirmação de que Jesus era o Filho de Deus.

Procurado pela reportagem, João Batista confirmou a informação. “Eu batizo com água, porém Jesus batiza com o poder do Espírito Santo”, disse. “Eu dou testemunho de que ele é o Filho de Deus! E se ele veio até mim para ser batizado, eu que não mereço sequer tocar em suas sandálias, foi para que ficasse conhecido de todos”.

Depois do episódio, alguns dos seguidores de João Batista o deixaram para seguir Jesus. O profeta do deserto afirmou que continuará com suas pregações, exortando as pessoas a se converterem.

João Batista, porém, tem um grande problema. Suas críticas à conduta moral do rei Herodes Antipas geram uma tensão permanente de que possa ser preso a qualquer momento.

   O profeta não se abala, dizendo que continuará proclamando a verdade e “aplainando os caminhos do Senhor”.
Comentários

Visão de Mundo

Salathiel de Souza

Salathiel de Souza

Jornalista, professor e teólogo, iniciou carreira em 1996. Membro da Academia Ituana de Letras, é diácono transitório na Diocese de Jundiaí (SP) e autor de "Tudo Pela Missão! - Minha Experiência Missionária em Roraima".

Arquivo