Colunistas

Publicado: Sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Início da vida pública

IV Domingo do Tempo Comum.

Janeiro, 29.  2012.

Evangelho de Marcos.

Versículos de 21 a 28, do capítulo 1.

...........................................................................................

Na cidade de Cafarnaum, num dia de sábado, Jesus entrou na sinagoga e começou a ensinar. Todos ficavam admirados com o seu ensinamento, pois ensinava como quem tem autoridade, não como os mestres da lei. Estava então na sinagoga um homem possuído por um espirito mau. Ele gritou:

“Que queres de nós, Jesus nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és; tu és o santo de Deus".

Jesus o intimou:

"Cala-te e sai dele!"

Então o espírito mau sacudiu o homem com violência, deu um grande grito e saiu. E todos ficaram admirados espantados e perguntavam uns aos outros:

Ö que é isso? Um ensinamento novo, dado com autoridade: ele manda até nos espíritos maus, e eles obedecem!

E a fama de Jesus logo se espalhou por toda a parte, em toda a região da Galileia. 

.............................................................................................

Sobre Jesus, na sua vida particular, infância e juventude e, como adulto, ainda assim pouco se sabe, até os seus trinta anos presumíveis. Laconicamente, narram as escrituras que o menino crescia em sabedoria e na graça de Deus.

A sinagoga de Cafarnaum é o primeiro episódio - chame-se oficial - de quando Jesus se revela.

Surpreendeu pela exatidão de sua fala, a partir de uma franqueza e retórica peculiares, jamais vista, a verdade proclamada sem rebuços. Todos creram nele.

Importante a diferença do recado dele.

João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

15 dias atrás

Olhemo-nos de frente

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio