Colunistas

Publicado: Sábado, 8 de outubro de 2016

Gratidão, sempre

Gratidão, sempre

 

28º. DOMINGO DO TEMPO COMUM

9.10.2016 – Liturgia do Ano “C”

Evangelho segundo Lucas (17, 11-19)

...............................................................................................................................

“”    Aconteceu que, caminhando para Jerusalém, Jesus passava entre a Samaria e a Galileia.

Quando estava para entrar num povoado, dez leprosos vieram ao seu encontro. Pararam a distância e gritaram:

“Jesus, mestre, tem compaixão de nós!”

Ao vê-los, Jesus disse:

“Ide apresentar-vos aos sacerdotes”.

Enquanto caminhavam, aconteceu que ficaram curados.

Um deles, ao perceber que estava curado, voltou glorificando a Deus em alta voz, atirou-se aos pés de Jesus, com o rosto por terra, e lhe agradeceu. E este era um samaritano.

Então Jesus lhe perguntou:

“Não foram dez os curados? E os outros nove, onde estão? Não houve quem voltasse para dar glória a Deus, a não ser este estrangeiro?”

E disse-lhe:

“Levanta-te e vai! Tua fé te salvou”.

...............................................................................................................................

Este caso, sobejamente conhecido e muito típico a caracterizar a ingratidão de tantos outros a vida toda, mas esquecidos de Deus. Mesmo após receber dele dádivas da saúde e bem-estar.

A lição é simples.

Pode ocorrer ao longo da vida uma série de infortúnios, principalmente os mais doloridos porque ligam-se a questões de saúde, que levam sim os infortunados a se lembrar de Deus. Mas, como no exemplo acima, após recuperados, poucos se lembram de agradecer.

Tem sido assim, no mais das vezes.

Mesmo que a vida corra calma, feliz e saudável, mesmo assim há o cristão de voltar seus pensamentos a Deus.

Quanta vez, no pleno gozo de saúde e paz, a pessoa não se lembre de Deus e imagine que o mérito é todo seu. Sim, há de que todos e cada um se cuidem, mas estejam voltados ao Criador, em orações de agradecimento por tantas e tantas dádivas.

Gratidão, sempre.

                                                                                    João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

20 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio