Colunistas

Publicado: Terça-feira, 17 de maio de 2016

Frango e macarrão

Enquanto os jogadores de linha se aqueciam no centro do campo em um rachão de valer canela, o preparador físico pegou o saco de bolas e atravessou a arena, pela lateral, até chegar atrás das traves com o goleiro, herói desde as categorias de base. Entre um arremesso e outro conversavam amistosamente sobre a vida e outros ventos, até que o decano provocou: "Há quanto tempo você não assiste um jogo do seu time de coração? E por falar nisso, para que time você torce? Afinal, nunca conversamos sobre isso, mas a gente sempre tem nosso time, não é mesmo?". O defensor da meta, encabulado, acabou salvo do constrangimento pelos berros do técnico convocando todos para a separação dos times. Depois do apito, começou o corre-corre pelas vagas titulares. O goleiro deixou vazar o primeiro, um segundo, e um terceiro. Substituído, nem chegou a ser convocado para o jogo. No domingo, chegou em casa trazendo um frango para almoçar com a família e depois ver seus colegas jogando contra o arquirival na TV.

Comentários

Conto... ou não conto?

Alex Pinheiro

Alex Pinheiro

Consultor em Turismo Receptivo e Turismo na Internet, exerce na literatura o seu desafio pessoal '1000 caracteres de uma história'. É colunista do jornal Taperá (Salto-Itu-Indaiatuba)

Arquivo

8 de outubro de 2018

Eles Sabiam de Tudo

5 de outubro de 2018

Urna Funerária

8 de agosto de 2018

Estrada

9 de julho de 2018

A ditadura do aroma

28 de maio de 2018

La Ciudadela