Colunistas

Publicado: Terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Eleições presidenciais no Corinthians: quem vence?

Eleições presidenciais no Corinthians: quem vence?
Andres fez uma boa gestão, apesar das polêmicas

Neste sábado, 11 de fevereiro, acontece a eleição para presidente do Corinthians. Mário Gobbi e Paulo Garcia disputam um dos cargos mais importantes do futebol nacional. Continuidade de um bom trabalho ou renovação com experiência? Vejamos.

Gobbi não é bem visto pelos frequentadores do clube, uma vez que se filiou ao Corinthians apenas em 2000. Em compensação, fez um bom trabalho como diretor de futebol nos últimos anos, sendo responsável por excelentes contratações e bons resultados dentro de campo. Ele tem a vantagem de ser o candidato escolhido por Andrés Sanches, que fez uma excelente administração no Timão, apesar da alta dívida acumulada.

Já Paulo Garcia tem uma história longa no clube, é sócio do Corinthians desde 1970. Ele é empresário, presidente da Kalunga - que foi por muitos anos, durante a década de 90, patrocinadora máster do Timão. Garcia usa em sua campanha argumentos válidos como a falta de talentos revelados pelo time nos últimos anos, a grande dívida, os negócios ilícitos que rolam e o desencontro de informações quanto aos valores da Arena Corinthians.

E aí, quem ganha? Para mim, nessa disputa, quem deve vencer é o Corinthians.

Reforço no Palmeiras

O atacante argentino Hernán Barcos, que estava na LDU de Quito, se apresenta ao Palmeiras nesta terça-feira, dia 7 de fevereiro. Ele irá usar a camisa 29 e tem contrato com o Verdão até fevereiro de 2015. Como a documentação do atleta ainda não foi liberada pela federação equatoriana, o jogador não enfrenta o XV de Piracicaba.

Luxemburgo perto do Cruzeiro

Vanderlei Luxemburgo mal saiu do Flamego e já é pretendido pelo Cruzeiro. São apenas especulções, mas não dá pra ser surpreendido por nada quando o assunto é futebol. O time mineiro está em crise, Vágner Mancini não tem agradado a massa cruzeirense.

Falcão no Bahia

Com a saída de Joel Santana (que foi para o Flamengo, ocupar o lugar de Luxemburgo, que pode ir para o Cruzeiro - que bagunça!), o Bahia foi rápido em iniciar a negociação com um excelente profissional. Paulo Roberto Falcão pode dar um destaque que o time baiano nunca sonhou, além de ser um profundo conhecedor do futebol. Boa aposta da diretoria!

Comentários

Gol de letra

André Roedel

André Roedel

André Roedel é formado em Jornalismo, apaixonado por futebol. Sempre que pode, compartilha suas opiniões sobre o esporte bretão neste espaço.

Arquivo

24 de julho de 2015

Intruso

9 de abril de 2015

A despedida do campeão

2 de abril de 2015

Orgulho e preconceito

23 de fevereiro de 2015

Sobre Ituano e Corinthians