Colunistas

Publicado: Segunda-feira, 24 de março de 2014

Do pecado ao apostolado


3º DOMINGO DA QUARESMA

Domingo, 23, 2014 – Liturgia do Ano “A”

Evangelho segundo João, 4, 5-42

.......................................................................................................................

O texto do evangelho deste domingo, 23 de março, é extenso e por isso se convida os prezados leitores a que, por exceção, busquem sua leitura direta na Bíblia,  em o Novo Testamento.

A samaritana, de povo mal visto pelos judeus, viera ao poço de Jacó, num momento em que Jesus, cansado, sentara-se à beira dele.

Surpreendeu-se ela então com um pedido do Mestre, para que ela lhe desse daquela água. Um judeu , sequer dirige olhar a samaritanos, quanto mais falar-lhes.

Algo admirável estava a acontecer ali.

Mas Jesus chegara até ela, com o claro intuito de oferecer-lhe uma correção na sua vida de pecadora, assim conhecida de todos. Sabia que ela vinha de cinco maridos.

Encantada por ter-lhe sido dada a atenção e surpreendida por ver que Jesus sabia de sua vida pregressa, saiu pressurosa a contar aos amigos que conhecera um homem, que bem poderia ser o Cristo.

Como resultado, ela despertou o interesse e a curiosidade de seus compatriotas. Estes, por sua vez, tanto se surpreenderam com os ensinamentos e amabilidade de , que o retiveram com eles por dois dias.

Foram levados à conversão, graças ao espírito apostólico daquela mulher, que não quis somente para si as vantagens espirituais daquela oportunidade, revestida do sobrenatural.

A liturgia católica, para este Terceiro Domingo da Quaresma de 2014, oferece também, como opção, um outro evangelho, um pouco mais curto, sempre um e outro a falarem da bondade e misericórdia de Deus.

Trata-se dos versículos de 15 a 19; do 26 ao 39 e, por último, do versículo 42, todos eles do capítulo 5 e do próprio João.

                                                              João Paulo

 

 

 




 

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

15 dias atrás

Olhemo-nos de frente

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio