Colunistas

Publicado: Quinta-feira, 2 de abril de 2009

Do Gólgota ao Calvário

Domingo de Ramos.

Nos três últimos domingos, os textos foram de João.
Retorna hoje o evangelista titular para o Ano "B", São Marcos.
 
Recomenda-se desta vez, por exceção, que a leitura do evangelho seja feita no original, na Bíblia, mais precisamente no Novo Testamento. Não se faz aqui a transcrição porque, conquanto seja um relato breve, apresenta-se como muito extenso para encaixe aos moldes desta coluna.
 
Uma vez feita pois a leitura de cada um, repete-se que a narrativa é concisa, mas densa, suficiente para numa meditação à parte e debruçar-se o fiel sobre o tamanho e as proporções do sofrimento de Jesus.
 
Ele fora recepcionado e aclamado dias antes, ao entrar em Jerusalém, para, agora, ouvir do mesmo povo, insuflado pelos sacerdotes e anciãos, gritar o terrível "Crucifica-o".
 
Sim, detenha-se, quem o puder, na leitura e releitura dos passos da Paixão, o trânsito infame, humilhante e penoso de Jesus, desde o Gólgota até o Calvário.

João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

20 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio