Colunistas

Publicado: Quinta-feira, 23 de março de 2017

Cerimonialista, pra quê?

Cerimonialista, pra quê?
retocando o batom da noiva após o jantar

... e quando ouço: “Ahhh, cerimonialista??? Não preciso! Minha prima, que adora uma festa, irá fazer, já conversei com ela (...)”, me vem um nó na garganta, e sabe por quê??

Uma hora, a prima vai querer se divertir, já que adora uma festa, vai beber, vai sentar para comer… E quem vai dar sequência ao brinde, ao corte do bolo, a dança dos noivos, a hora de jogar o buquê…?

É comum, ouvir reclamação do trabalho de cerimonialistas, principalmente, depois que o evento passa. Muitas noivas, até sabem o quanto é importante ter alguém que não está emocionalmente envolvido com o evento, para cuidar de todos os detalhes, porém, muitas vezes, acabam investindo em outros fornecedores. E sabe qual o resultado disso??? Veja:

- “Ah, ninguém lembrou de chamar minha avozinha para fazer foto com a gente na mesa do bolo;
- Véu bagunçado na igreja, fica horrível nas fotos;
- “Buffet atrasou a abertura da mesa do jantar, com isso, alguns convidados foram embora sem comer o bolo”;
- “No meio da festa, eu estava suada e sem batom, não havia ninguém que me desse um toque para dar um repaginada no visual”;
- “Na hora que joguei meu buquê muitas amigas já tinham ido embora, foi muito tarde”;
- “Nem soubemos o sabor da comida, pois não sentamos para comer, nem os docinhos conseguimos levar para provar depois”;

Parece algo tão simples, né? Um véu arrumado no altar! Mas com certeza faz total diferença na hora da foto oficial! Um retoque no batom, um lencinho para enxugar aquele brilho no rosto (…). Ficar ao lado dos noivos para ‘salvá-los’ daqueles parentes que alugam por horas durante o evento (risos), pasme você, mas isso acontece fre-quen-te-men-te! Durante um evento, tudo tem o seu momento e sua hora certa, inclusive a hora dos noivos sentarem para provarem o coquetel e abrirem o jantar.  É importante que os noivos sentem para comer, nem que seja um pouquinho; ficar de olho neles o tempo todo, observando se estão precisando de algo, oferecendo água, a bebida que eles desejam... manter uma distância segura, não muito longe, a ponto de nem sabermos onde eles estão pela festa, nem muito em cima impedindo que aproveitem a festa com seus convidados.

Um das coisas que também os noivos adoram é saber que tem alguém que vai colocar todas as coisas em seu carro, no fim da festa, e ainda, separar uma caixinha de doce para eles. A praticidade de aproveitar a festa, do começo ao fim, sem precisar pensar nos detalhes, não tem preço!

Eu gosto muito de ouvir: “A festa estava linda, correu tudo bem!” 

Comentários

Realizando sonhos

Fernanda Mariáh

Fernanda Mariáh

Formada em Jornalismo com pós-graduação em Gestão de Pessoas. Atuou por seis anos como assessora de imprensa, e migrou para a área de eventos. Há quatro anos é organizadora de festas como casamentos, bodas, aniversários, batizados, corporativos e outros.

Arquivo

15 dias atrás

E ontem eu disse: Sim!

29 dias atrás

Com que roupa eu vou?

16 de maio de 2017

Um sonho autêntico

2 de maio de 2017

Um sentimento chamado: Mãe