Colunistas

Publicado: Sábado, 17 de novembro de 2018

A mão no seu ombro

REFLEXÃO DOMINICAL – 18.11.2018

33º. Do Tempo Comum – Ano B de Marcos

Evangelho (Mc. 13, 24-32)

...........................................................................

 

“”    Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos:

“Naqueles dias, depois de grande tribulação, o sol vai se escurecer e a lua não brilhará mais, as estrelas começarão a cair do céu e as forças do céu serão abaladas.

Então vereis o Filho do homem vindo nas nuvens com grande poder e glória.

Ele enviará os anjos aos quatro cantos da terra e reunirá os eleitos de Deus de uma extremidade à outra da terra.

Aprendei, pois, da figueira esta parábola: quando seus ramos ficam verdes e as folhas começam a brotar, sabeis que o verão está perto.

Assim também, quando virdes acontecer essas coisas, ficai sabendo que o Filho do homem está próximo, às portas.

Em verdade vos digo, esta geração não passará até que tudo isso aconteça.

O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não passarão.

Quanto àquele dia e hora, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas somente o Pai”.    “”

.........................................................................

 

Fica na explanação profética de Jesus, de forma acentuada e crua, a certeza de que a vida terrestre terá um fim.

Obviamente então e sobretudo, há que se considerar, cada um e todos, do cuidado com a vida espiritual, eis que aqui em baixo sempre haverá um fim, para algum dia – aí o mistério – Jesus venha para o acerto derradeiro.

Como não se oferece data nem hora para esse evento, há que se deduzir não só pela conveniência de estarmos preparados, como também pelas excelências de uma vida espiritual frutuosa em si mesma. A busca incessante das virtudes.

Busca-se o aprimoramento pela via do amor e apego a Deus Nosso Senhor. Isso feito, como que até se pode sentir a mão d´Ele no ombro de todos que o aceitam e seguem.

 

                                                                                 João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

15 dias atrás

Olhemo-nos de frente

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio