Colunistas

Publicado: Domingo, 29 de junho de 2014

A barca de Pedro

 

 FESTA DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO

Domingo, 29, junho, 2014 – Liturgia do Ano “A”

Evangelho (Mateus, 16, 13-19)

............................................................................................................................

“”   Naquele tempo, Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e ali perguntou aos seus discípulos:

“Quem dizem os homens ser o Filho do homem?” -

Eles responderam:

“Alguns dizem que é João Batista; outros, que é Elias; outros, ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”.

Então Jesus lhes perguntou:

“E vós, quem dizeis que eu sou?”

Simão Pedro respondeu:

“Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.

Respondendo, Jesus lhe disse:

“Feliz és tu, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. Por isso eu te digo que tu és Pedro e sobre essa pedra construirei a minha igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. Eu te darei as chaves do reino dos céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus”.   “”

..........................................................................................................................

Conquanto a festa de São Pedro e São Paulo ocorra hoje, 29, no evangelho acima – o do dia assim reservado pela liturgia para comemorar esses dois luminares da Igreja primitiva – só é mencionado o colóquio entre Jesus e Pedro.

Claro que São Paulo viera bem depois ao seio da Igreja, quando de perseguidor dela passou a espalhar a mensagem de Cristo por boa parte das nações existentes na época.

Por isso, a liturgia de hoje compõe seus textos de modo a incluir também a carta do festejado São Paulo a Timóteo (4, 6-8.l7-18). Leitura comovente, a falar das alegrias (parece contradição!) de São Paulo por saber estar próxima sua hora final. Gloria-se no Senhor, porque afirma jubiloso que combatera o bom combate.

Pedro, por sua feita, é contemplado com as chaves capazes e autorizadas a ligar os céus e a terra. Daí o prestígio reconhecido dos Papas de todos os tempos, por católicos ou não.

A barca pode até vacilar, mas não afunda.

Salva-se, imune que está a quaisquer tormentas.

                                                                                          João Paulo

Comentários

Reflexão Dominical

João Paulo

João Paulo

João Paulo, pseudônimo do jornalista Bernardo Campos, adotado para temas de espiritualidade.

Arquivo

20 dias atrás

Olhemo-nos de frente

14 de setembro de 2019

Ovelha desgarrada inquieta o Pastor

7 de setembro de 2019

O peso da cruz

Ariza Centro Veterinrio